close
mai 20, 2020
mai 20, 2020

A importância dos pistol rounds na estratégia de apostas

O impacto das equipes nos pistol rounds

O impacto dos mapas nos pistol rounds

Pistol rounds de CTs x Ts

A importância dos pistol rounds na estratégia de apostas

No jogo de tiro em primeira pessoa Counter-Strike, a sequência de abertura de cada jogo é o que é conhecido como pistol round ou pistol. Ele determina qual lado tem a vantagem econômica nessa metade específica.

Pode-se compará-lo à bola ao ar do basquete, em que se decide qual time terá a primeira vantagem no jogo. No entanto, se a linha na qual o time vence a disputa for sempre 50/50, então talvez seja mais parecido com a equipe que marca a primeira cesta. O preço sempre se inclina um pouco para os mais habilidosos, ou pelo menos talvez para a equipe favorita para ganhar o jogo. Se o Time A tiver 1,33 para vencer um jogo da NBA, ele poderá ter apenas 1,80 para marcar primeiro. No entanto, se uma equipe tiver 1,72 para vencer, ainda poderá ser cotada a 1,83 para marcar primeiro. Encontramos um padrão de preço semelhante para probabilidades em pistol rounds anteriores à partida.

O impacto das equipes nos pistols

É muito difícil ganhar pistols de forma consistente e com a frequência necessária para vencer as margens oferecidas pelas casas de apostas. Se levarmos em consideração apenas as equipes que alcançaram ou mantiveram sua classificação entre os cinco primeiros em 2019, houve um total de 14. Dito isso, apenas cinco dessas equipes jogaram 50 ou mais mapas enquanto ocupavam essas posições: Astralis, Liquid, ENCE, Vitality e Fnatic. Dentre elas, a Vitality deteve a maior porcentagem de vitórias em pistols (54% em 55 mapas), enquanto a Fnatic conquistou a menor taxa de vitórias (44% em mais de 50 mapas jogados).

Embora os pistols não sejam o fator decisivo em séries individuais, as equipes podem mostrar uma quantidade moderada de melhorias em sua estratégia e habilidade para melhorar seu sucesso nessa fase.

Em relação às taxas de vitórias em mapas, ambas as equipes das outras doze se mantiveram muito próximas de todas as outras. A Vitality garantiu uma taxa de vitória de 45% em mapas, enquanto a Fnatic ficou um pouco abaixo, com 38%. A Astralis obteve o maior sucesso em comparação com o grupo, com uma taxa de vitória de 61% em mapas, e terminou o ano com um desempenho positivo em cinco de seus sete mapas; ainda assim, manteve uma taxa de vitória acima de 50% em pistols em um único mapa, o Overpass. Isso apenas comprova que uma equipe pode ser a melhor sem precisar demonstrar superioridade em pistols. Dado o preço curto da Astralis, mesmo contra as cinco principais equipes, você provavelmente teria retornos excelentes apostando cegamente contra os dinamarqueses na 1ª e na 16ª rodada em cada partida.

Quando comparamos essas cinco equipes com as 50 principais de 2019, apenas a ENCE se manteve abaixo da taxa de 50% de vitória em pistols, com 47%. No entanto, os três mapas em que manteve uma taxa de vitória de 50% em pistols também foram os únicos três em que a equipe teve uma taxa de vitória acima de 50%. A Liquid, que manteve o melhor desempenho entre as cinco, com 54% contra as 50 primeiras, manteve acima de 50% de taxa de vitória ou de conversão de pistol rounds ou maior taxa de vitória em todos os mapas em que jogaram.

Esta é a clássica "correlação não equivale a causalidade". A Liquid venceu muitas partidas em que perdeu os dois pistols em um mapa. Rodadas de combate sempre terão muito mais importância para o sucesso das equipes, dado o número delas, e elas são ainda mais críticas sob as novas regras de economia. No entanto, quando todos os outros fatores são iguais, ganhar ou perder pistol rounds frequentemente representa uma diferença importante em disputas acirradas e o sucesso pode, em certa medida, ser atribuído a eles.

Esports-CSGO-Pistol-Rounds-Betting-Strategy-In-article-1.jpg

O impacto dos mapas nos pistols

Para este tópico, abordarei apenas os seis mapas que estiveram em rotação durante todo o ano de 2019: Inferno, Mirage, Dust2, Overpass, Nuke e Train. Inferno foi o mais popular, tendo sido jogado 3.000 vezes, enquanto Train foi o menos popular, recebendo 1.900 confrontos. Mapas do CS:GO têm reputação, geralmente com base nos dados, de se inclinarem ligeiramente para o lado Terrorista (T) ou Contra-Terrorista (CT).

No entanto, isso frequentemente se torna desproporcional. A primeira metade de um jogo de contra-ataque sempre chega às 15 rodadas. Isso significa que existem 30 resultados possíveis, variando de 15-0 a 0-15. Em 2019, o mapa mais favorável aos CTs no Counter-Strike profissional foi o Train, com uma porcentagem de vitórias na rodada CT de 55,4%, pouco acima da porcentagem obtida no Nuke. Para deixar claro, ambos os mapas que mantêm uma reputação de se inclinar mais para o lado defensivo o fazem com uma diferença de apenas 5%. Nas 1.900 partidas jogadas no Train, as quatro pontuações mais comuns no intervalo foram: 8-7 a favor de T (374), 9-6 T (370), 8-7 CT (341) e 9-6 CT ( 331). Cerca de 73% das partidas disputadas mantinham placares de 8-7 ou 9-6 no intervalo.

Em um jogo que apresenta uma faixa fixa de pontuações, vencer o pistol oferece uma clara vantagem de 1-3 rodadas e um impulso à economia.

Em partidas mais acirradas, os Ts acumulam um número um pouco maior de vitórias. No entanto, em rodadas com linhas de pontuação de 10-5 e acima, os CTs parecem levar uma vantagem significativa. Por exemplo, não houve um único jogo profissional em que uma equipe que iniciasse como CT tenha chegado a um intervalo em 0-15; no entanto, houve três confrontos em que o resultado no intervalo era de 15-0 para os CTs. Você pode encontrar esse padrão com todas as pontuações neste mapa até chegar às 9-6, ponto no qual, interessantemente, essa tendência é invertida. Encontramos resultados semelhantes observando equipes entre as 20 primeiras.

Portanto, em disputas entre 60-40%, ou empatadas em 6-6 ou 7-7 na primeira metade, não podemos dizer que o mapa favorece o lado CT. Isso certamente poderia ter sido impactado pelo Meta SG, que foi muito influente na maior parte de 2019. Desde que foi lançado, o Train mantém 54% de vitórias na rodada CT; no entanto, em jogos entre 60-40% (9-6/8-7), 2.100 terminaram a favor da defesa, enquanto 1900 favoreceram os Ts.

Esports-CSGO-Pistol-Rounds-Betting-Strategy-In-article-2.jpg

Ao comparar o Nuke ao Train, podemos notar que o segundo mapa registrou um aumento de 4% na taxa de vitória de CTs em pistol rounds em comparação com apenas um aumento percentual de vitórias de 0,3% na rodada. Em apenas dois mapas, o lado T manteve uma taxa de vitória acima de 50% em pistols: Mirage e Inferno. Contudo, nenhum desses mapas manteve porcentagem de vitórias acima de 50% para o lado T em rodadas gerais. Em 2019, Dust2 foi o único mapa dentre todos os seis que pode ser considerado favorável ao lado atacante, com uma taxa de vitória de 54%, apesar dos Ts terem mantido uma taxa de vitória em pistols de 45% no mapa.

No entanto, se compararmos equipes que se mantêm fora do padrão, poderemos identificar algum valor. Usando a média de 54% dos Contra-Terroristas, vamos examinar duas equipes em comparação com as 50 primeiras: NoChance e Heretics. No Dust2, um mapa que favorece pistols para CTs, a NoChance não apenas contrariou a média de 54% de vitórias de CTs em pistols, como também ganhou 81% de seus pistols como T. Com exceção do Vertigo, o Dust2 foi o mapa de maior sucesso da equipe, que venceu 57% de suas disputas nele. As únicas outras duas equipes a manter resultados acima de 60% em pistols jogando como Terroristas também tiveram excelentes porcentagens de vitórias: Vitality (66%) e Heroic (59%).

A Heretics manteve apenas 29% de vitória em pistols como CTs em comparação com as 50 melhores equipes, o que os coloca aproximadamente 25% abaixo da média de resultados no Dust2 em 2019. Sua taxa de vitórias no mapa não ficou muito atrás, com miseráveis 35%. As outras duas equipes com pior desempenho em pistols como CTs foram a ENCE e a Ninjas in Pyjamas, ambas com taxas de vitórias de 35 a 40% e com 46% e 32% de vitórias no mapa, respectivamente.

Esports-CSGO-Pistol-Rounds-Betting-Strategy-In-article-3.jpg

Embora os pistols não sejam o fator decisivo em séries individuais, as equipes podem mostrar uma quantidade moderada de melhorias em sua estratégia e habilidade para melhorar seu sucesso nessa fase e isso pode ter resultados positivos na sua taxa de vitória no mapa, principalmente quando melhorarem sua taxa de vitória em pistols mais desafiadores.

Pistols de CTs x Ts

Uma comparação dos pistols iniciais é um passo necessário para entender por que alguns mapas se inclinam para pistols mais favoráveis para CTs ou Ts, mesmo que essa vantagem não represente efetivamente a probabilidade de vitória no mapa. As pistolas disponíveis para os CTs (USP-S ou P2000) são mais precisas e causam mais dano que as Glocks do lado T. Isso se torna mais evidente em duelos de longo alcance. Train e Dust2 são famosos por seus ângulos delgados e unidirecionais de ataque aos bombsites. É frequente que os Contra-Terroristas consigam tomar posição e manter locais A ou B nos dois mapas para garantir que o alcance seja mantido.

A Glock atrapalha um pouco menos em combates de curto alcance, onde os terroristas podem chegar ao topo dos locais com uma série de confrontos próximos. Isso permite que a taxa de tiro superior da Glock dê potência total ao “Glock train”, com os CTs cercados por um grande número de oponentes em ângulos demais para enfrentar. Os dois mapas que apresentam um número maior de combates próximos são Inferno e Nuke.

Uma comparação dos pistols iniciais é um passo necessário para entender por que alguns mapas se inclinam para pistols mais favoráveis para CTs ou Ts.

Devemos observar que as equipes podem executar estratégias para mitigar algumas de suas desvantagens. Vemos frequentemente os jogadores da equipe Terrorista se dirigindo para o bombsite B nos pistol rounds de Overpass, porque o local é consideravelmente mais apertado que o bombsite A. Para impedir isso, os CTs tendem a usar um stack preventivo de três ou, às vezes, até quatro jogadores no início da rodada.

Inferno, mapa que tem a maior taxa de vitórias de Ts em pistols, contou com diversas tentativas dos Contra-Terroristas de avançar pelo meio no início da rodada para obter uma vantagem significativa ou vencer, controlando potencialmente uma bomba implantada. Outra estratégia frequente usada pelos Terroristas é investir em uma pistola mais poderosa, como a Tec-9 ou P250, para um de seus melhores jogadores, a fim de melhorar sua capacidade de combater o alcance superior das pistolas dos CT.

Resumo

Em um jogo que apresenta uma faixa fixa de pontuações, vencer o pistol oferece uma clara vantagem de 1-3 rodadas e um impulso à economia. Embora as equipes se esforcem para manter vantagens claras sobre seus oponentes por um longo período, dada a dificuldade de qualquer jogador ou equipe mostrar habilidade ou execução superiores, alguns times podem se sobressair em pistols em mapas específicos, obtendo uma amostra grande o suficiente para encontrar valor nesse tipo de rodada, metade ou vitória no mapa.

Somente usando seu conhecimento sobre mapas, equipes e mercados você pode formular um plano mais preciso para utilizar essas informações. Isso pode ser feito por meio da aposta na primeira ou na 16ª rodada, dentro de uma determinada faixa de preço a favor ou contra uma equipe em particular em um mapa específico, ou seja, capitalizando os preços para equipes que frequentemente perdem pistol rounds, mas mantêm um limite específico para porcentagens de vitórias no mapa, ou talvez tirando proveito de totais ao vivo ou spreads que representam uma reação exagerada, dado o valor dessa equipe em particular após vencer/perder um pistol.

Página inicial de eSports
Veja as probabilidades mais recentes aqui
  • Tags

Sobre o autor

Adam Boothe

Adam landed in the world of esports betting by happenstance and with no premeditated notions it would ever be a long term endeavour. With few individuals having years of experience working on esports, and many less being willing to share, his articles cater to novice and veterans alike. Adam's approach is centered on bringing traditional trading methodology to the esports niche.

Mostrar mais Mostrar menos