close
mar 10, 2021
mar 10, 2021

Uma nova análise de s1mple x ZywOo

O outro lado

Indo até onde a ação está

Vença como uma equipe, perca como uma equipe

O próximo capítulo

Uma nova análise de s1mple x ZywOo

s1mple e ZywOo são considerados talentos transcendentes no CS:GO. Duncan "Thorin" Shields adota um ponto de vista mais holístico sobre a rivalidade entre os dois na disputa pelo título de melhor jogador do mundo.

Em um terceiro ano consecutivo sem precedentes, parece que os dois jogadores na disputa pelo status de melhor do mundo no CS:GO continuam os mesmos: Oleksandr "s1mple" Kostyliev e Mathieu "ZywOo" Herbaut. Os esforços e impacto que os dois trazem para suas equipes são óbvios e gigantescos. Eles estão tão à frente dos outros no campo que um dia ou semana ruim para eles ainda seria considerado bom ou normal para muitos de seus colegas.

À medida que suas habilidades transcendentes impressionam os espectadores e seu domínio estatístico confunde os nerds, a "comparação e contraste" indiscutivelmente mais relevante no jogo provavelmente ainda se resumirá à preferência pessoal – quais destaques mais chamaram a sua atenção ou quais fatores você selecionou como mais importantes.

Em vez disso, vamos considerar uma visão mais holística das dificuldades dos dois. Analisando as circunstâncias, vamos pintar um quadro diferente do que cada um enfrenta no seu próprio lado.

O outro lado

Uma análise das equipes jogando do lado Terrorista oferecerá uma explicação clara de muitos aspectos, sem a necessidade de muitas explicações: é possível ver quais jogadores recebem recursos – seja espaço, tempo ou utilitários; os papéis que um jogador tende a assumir se tornam aparentes; podemos deduzir até mesmo o quanto um jogador parece confiar em companheiros de equipe específicos ou no plano de jogo em geral.

O princípio simples de ser um jogador profissional por muitos anos indica que um jogador específico tem muito mais controle sobre como e onde ele desempenha sua posição.

O que muitas vezes é ignorado, porém, são as implicações mais sutis, mas ainda detectáveis, de como um jogador aborda o outro lado do jogo, o lado dos Contraterroristas.

O princípio simples de ser um jogador profissional por muitos anos indica que um jogador específico tem muito mais controle sobre como e onde ele desempenha sua posição, seus tempos em rotações e talvez até mesmo preparações específicas de locais, como itens utilitários e de melhoria.

Os capitães de equipe, cuja visão domina o jogo do lado T, costumam ser muito mais tolerantes do outro lado, permitindo que os jogadores determinem o melhor curso de ação e façam uma leitura do jogo de acordo com seu nível de conforto.

Indo até onde a ação está

Ninguém joga, nem consegue imprimir tanto impacto como “s1mple” no lado CT. Ele parece ter controle absoluto, não apenas sobre como desempenhar sua função, mas até mesmo de qual lugar deverá ocupar no início do jogo. Muitos devem se lembrar de "s1mple" jogando como CT em 2018 no mapa Mirage como substituto de "Zeus", garantindo que um ponto tradicionalmente fraco na defesa da NAVI às vezes, e de fato, fosse coberto pelo melhor jogador do mundo.

Em 2020, esse conceito foi levado ao extremo. "s1mple" pode aparecer em qualquer lugar e aparentemente a qualquer momento no lado do CT e, assim, a equipe do lado T é forçada a incluir esse fator no seu plano de jogo; se habituar à estratégia da NAVI no lado CT pode ser muito mais complicado que o usual. Esse controle não apenas dá liberdade à arma mais poderosa do jogo, mas permite que "s1mple" possa tapar buracos na defesa da sua equipe e garante que ele não seja isolado em uma rodada e fique limitado a uma jogada ou defesa impossível como suas únicas escolhas.

Crédito: Virre CSGO

Em contrapartida, "ZywOo" ainda é um jogador mortal, escolhendo seu posicionamento e desempenhando sua função em um nível individual absurdamente alto, mas com rotações mais focadas em conseguir uma escolha de AWP ou marcar um jogador específico. Assim como o seu oponente, "ZywOo" joga de acordo com seu próprio ritmo e responde às determinações do capitão, treinador e companheiros de equipe de acordo com o necessário.

Aparentemente, "s1mple" fica um pouco atrás, observa o jogo se desenrolar e, em seguida, reconhece – como se fosse o próprio capitão da equipe – quando o plano de jogo atual não oferecerá chances suficientes de vitória para a NAVI, ponto em que ele finalmente assume o controle do jogo e o molda de acordo com a sua vontade. "ZywOo" faz isso com sua mira e habilidades, enquanto "s1mple" aumenta sua influência por saber reconhecer quando hackear o sistema da NAVI e resolver problema por conta própria.

Quem é o líder a seguir?

Nenhuma das dias superestrelas pode se orgulhar de ser um líder tradicionalmente grande e experiente no jogo. Na verdade, pode-se argumentar que, se o fizessem, suas respectivas equipes teriam conquistado o título permanentemente. No entanto, os dois se encontram em cenários longe de serem idênticos.

Depois das campanhas do ano passado, muitos apontarão "XTQZZZ", da Vitality, como um dos melhores treinadores do jogo como resultado de seu impacto na integração de "apEX", o novo capitão, "misutaaa" e "Nivera" a uma formação que, anteriormente, contava apenas com veteranos, além de trazer "shox" como um contribuidor, mas sem permitir que o fluxo de ataque fosse dominado.

Crédito: Thorin, via Thorin Clips

Em contraste, uma rápida observação da NAVI sugere mais questionamentos sobre a liderança de "B1ad3" do que respostas sobre onde seu impacto pode ser encontrado. Uma equipe com habilidade e talentos agressivo, a NAVI às vezes parece jogar devagar demais para as qualidades do seu pessoal, além de sofrer do mal da "perfeição como inimiga da eficiência", tentando implementar execução e complexidade extremamente difíceis para qualquer um, exceto uma equipe de veteranos de longa data e com excelente química. Sendo assim, quem diria que "B1ad3" é um dos melhores treinadores do jogo? A resposta é reveladora, considerando os resultados massivos que a NAVI obteve algumas vezes.

Da mesma forma, "apEX" conquistou um respeito relutante por seu papel como capitão e ajudou a tornar a Vitality a equipe mais consistente de 2020. "Boombl4", da NAVI, ainda é mais comentado por meio de memes e seus ocasionais resultados, com grandes números de abates. Quem poderia sequer delinear seus pontos fortes como capitão? Quando se considera quantas rodadas fogem ao controle e quantas vezes vemos "s1mple" arrastando a equipe em direção à linha de chegada, seria fácil sugerir que "Boombl4" está até mesmo sustentado de maneiras que não parecem se aplicar a "apEX" E "ZywOo".

Vença como uma equipe, perca como uma equipe

O mais excepcional e comparável entre "s1mple" e "ZywOo" é a capacidade dos dois de produzir suas melhores jogadas e serem os melhores jogadores no servidor, independentemente de seus times ganharem ou perderem, ou até mesmo de estarem jogando um contra o outro. Os fãs não poderiam pedir por uma dupla mais consistente dos combatentes envolvidos nesse duelo pelo título de número um.

Ainda assim, o Counter-Strike não é apenas um jogo de equipe, mas um título em que, quando observamos uma amostra de tamanho saudável, a coordenação e execução da equipe tradicionalmente superam até mesmo a melhor excelência individual. Portanto, não importava se "s1mple" estava jogando o melhor CS da história em 2018, porque a Astralis estava toda jogando o melhor Counter-Strike em equipe. Havia uma ordem satisfatória para as coisas, nesse sentido, mesmo que fosse frustrante ver "s1mple" incapaz de conquistar troféus que ele era mais do que qualificado para ganhar.

"s1mple" tem a pior equipe em dois aspectos fundamentais do jogo: em termos de aptidão para a função, e também estilisticamente, a Vitality está carregada de experiências-chave e jogadores cujo número de abates é frequentemente menos relevante, exatamente por causa de sua aptidão para sua função individual e sua habilidade de harmonização.

"s1mple" tem a pior equipe em dois aspectos fundamentais do jogo: em termos de aptidão para a função, e também estilisticamente. Se o primeiro aspecto fosse consertado, o poder de fogo bruto da NAVI (que parece ligeiramente mais alto do que o da Vitality no geral, e poderia vir a impressionar) seria suficiente para reduzir a importância do assunto. O problema da NAVI é que seu estilo parece desarticulado e, sem dúvida, está mascarado por grandes desempenhos em número de abates em relação aos outros naquela época, quando a NAVI realmente parecia digna do campeonato.

A Vitality está carregada de experiências-chave e jogadores cujo número de abates é frequentemente menos relevante, exatamente por causa de sua aptidão para sua função individual e sua habilidade de harmonizar e produzir o estilo efetivo e consistente que a equipe colocou em prática pela maior parte do ano passado.

Está claro que ambos os cenários são apropriados para os jogadores que estamos discutindo. A juventude e a relativa inexperiência de "ZywOo" importam menos quando cercadas por outros veteranos e figuras comprometidas com suas funções no jogo. O jogo individual de "s1mple" atingiu níveis incríveis anos atrás e, nos últimos dois, ele se dedicou ainda mais a compreender o nível psicológico e intelectual do jogo, algo normalmente reservado para capitães e treinadores. Assim, ele pode apropriadamente assumir o controle da equipe e, quando necessário, conduzi-la até seus próprios objetivos.

Colocar um no outro tipo de ambiente atual seria um exercício divertido, e esforço mental válido para antecipar como isso poderia ajudar ou prejudicar o desempenho de cada jogador, caso você tenda a preferir um em relação ao outro.

Se o objetivo é vencer um único jogo, podemos nos basear no número de abates e, aposto, essas mortes terão o impacto de que precisamos. No entanto, se o objetivo é vencer todo um torneio, devemos nos apoiar na experiência e jogadores que entendam seu papel e como ele se aplica à visão geral do estilo da equipe. O contraste tradicional entre FaZe e Astralis, respectivamente, deve estabelecer rapidamente essa distinção.

O próximo capítulo

A excelência consistente que os dois trouxeram ao Counter-Strike nunca pode ser tomada como certa. O fato é que eles terem conseguido continuar a se destacar sem sofrer quedas severas por muitos meses já é algo praticamente impossível. No entanto, eles têm sido tão fenomenais que começamos a imaginar que a rivalidade entre os dois possa continuar por muitos anos, algo talvez comparável ao duelo entre Federer e Nadal no tênis.

Como tal, é o desenvolvimento de "ZywOo" e as constantes mudanças no cenário das equipe o que mais me preocupa. Já é injusto esperar que ele encare o melhor jogador da história do CS:GO (e que ainda está no seu auge) em par de igualdade, ainda assim, ele o fez muitas vezes, e até pareceu contar com a vantagem em alguns momentos.

Crédito: Official ZywOoEdição de zakmp4.

Considerando que "ZywOo" ainda não completou seu terceiro ano jogando profissionalmente e em tempo integral em ligas de elite do CS:GO e que grande parte desse período foi dominada por eventos online, resta pouco a fazer além de nos maravilharmos com quão incrível tem sido o "Fenômeno Francês". Com um progresso tão surpreendente, parece apropriado imaginar se ele está destinado a ser o próximo "s1mple" e prever uma trajetória na qual ele próprio poderá disputar o título de melhor jogador da história. Afinal, quem poderia imaginar o futuro sem qualquer um desses dois jogadores? Eles já não nos entregaram muito mais do que poderíamos esperar?

Aprecie essa rivalidade! Pode ser que nunca exista outra igual.

Página inicial de eSports
Veja as probabilidades mais recentes para os e-sports aqui
  • Tags

Sobre o autor

Duncan Shields

Duncan "Thorin" Shields é nosso historiador dos e-sports, tendo trabalhado na indústria em jogos como Counter-Strike, League of Legends e StarCraft desde 2001. Jornalista renomado e analista de estúdio, Thorin empresta sua ampla experiência para uma nova coluna da Pinnacle.

Mostrar mais Mostrar menos