out 10, 2016
out 10, 2016

Que formato de torneio favorece o "underdog"?

Que formato de torneio favorece o "underdog"?
Quer se trate do Open de Ténis da Austrália ou da World Series de basebol, as probabilidades futuras são o mercado que os apostadores mais destacados procuram no início de uma competição para avaliarem a força da concorrência. Com a configuração do torneio a surtir um forte impacto nas probabilidades, que formato favorece o "underdog" (o concorrente menos favorito) e qual favorece o líder das probabilidades? Continue a ler para ter a resposta.

Como regra de ouro, os concorrentes fortes tendem a conseguir resultados consistentes em torneios mais longos, e os torneios de menor duração costumam permitir que os menos favoritos causem desconfortos com mais frequência. Mas como exatamente é que o formato do torneio afeta as hipóteses de vitória do concorrente?

David R. Appleton, da Universidade de Newcastle upon Tyne (Reino Unido), realizou um estudo estatístico no qual compara vários formatos de torneios para determinar o impacto da sua configuração nas hipóteses de as equipas ou jogadores vencerem o campeonato ou conquistarem o primeiro prémio num evento desportivo.

Formatos de torneios

Nas ligas de futebol, cada par de equipas encontra-se duas vezes para um jogo em casa e um jogo fora, enquanto nas competições com eliminatórias, tal como a FA Cup inglesa, as equipas são normalmente selecionadas através de um sorteio aleatório para cada ronda. No ténis, também assistimos ao formato de eliminatórias, mas os jogadores são classificados para que os favoritos não se defrontem nas primeiras etapas. Eis os cinco formatos de torneios mais comuns e as modalidades desportivas nos quais são utilizados:

1. Eliminatória

O formato de eliminatórias, também conhecido como torneio de eliminatória única, penetração individual ou torneio de morte súbita é um tipo de torneio de eliminação em que o vencido de um jogo é eliminado. Um exemplo clássico de competições com eliminatórias é uma competição de taça no futebol. Das quatro grandes ligas desportivas norte-americanas, apenas a NFL utiliza este sistema para todas as rondas da sua pós-época.

2. Eliminatórias com classificações

O formato de eliminatórias com classificações é utilizado para garantir que os jogadores mais fortes se defrontam nas fases mais avançadas de uma competição, o que resulta em encontros de maior qualidade e mais emoção. Para que esta configuração de torneio seja utilizada, é necessário um "ranking" oficial. Este formato é muito utilizado no ténis e explica por que motivo não vemos Djokovic a jogar contra Murray nas primeiras rondas de um Grand Slam.

3. Round Robin

Ao contrário de um formato de eliminatórias de uma competição de taça, num torneio Round Robin cada equipa defronta todos os concorrentes à vez. A maioria das ligas de futebol das associações em todo o mundo, como a Premier League e a La Liga, são organizadas com base no modelo "Round Robin".

4. Melhor de três

Um formato "melhor de três" é uma competição frente a frente entre dois jogadores ou equipas em que uma equipa ou jogador tem de vencer dois jogos para ganhar a série. Nos Grand Slams, por exemplo, as mulheres jogam o melhor de três sets, enquanto que os jogos masculinos são decididos com um formato do melhor de 5 sets.

5. Suíço

O sistema suíço é um formato de torneio sem eliminatórias com um número de rondas pré-determinado, mas inferior a um torneio Round Robin. Uma vez que cada concorrente não joga com todos os restantes, os jogadores ou equipas defrontam-se em cada ronda com adversários que tenham uma classificação em curso semelhante.

Para vencer um torneio suíço, tem de obter o maior número de pontos agregados em todas as rondas. Este formato de torneio é utilizado sempre que existe um grande número de concorrentes, tornando o modelo Round Robin inviável.

O primeiro torneio suíço foi um torneio de xadrez em Zurique, daí o nome. Além do xadrez, os sistemas suíços são utilizados no eSports e no Magic: The Gathering.

Quem é favorecido por cada formato

Com base em dez mil simulações, a tabela abaixo mostra a percentagem de vezes que o melhor jogador ganhou cada estilo de torneio de futuras.

Formato do

torneio

Frequência de vitória do favorito

(Torneio de 8 jogadores)  

Frequência de vitória do favorito

(Torneio de 16 jogadores) 

 

h*

não h*

h*

não h*

Eliminatória 

27%

58%

19%

51%

Eliminatórias com classificações

30%

62%

22%

56%

Melhor de três

33%

68%

26%

62%

Round Robin

31%

61%

30%

62%

Suíço

29%

59%

21%

50%

* h = torneios em que a qualidade das equipas é relativamente homogénea, como a Liga de Campeões da UEFA
** non-h = torneios nos quais existe uma disparidade de capacidades considerável, como a FA Cup inglesa

O primeiro aspeto que se torna evidente nos dados acima é em que medida as probabilidades de vitória do favorito são afetadas à medida que o número de concorrentes (e, por conseguinte, o número de encontros) diminui.

O formato melhor de três tem a frequência mais elevada de vitórias futuras para a equipa ou jogador mais forte, enquanto os torneios de eliminatórias tendem a dar vantagem às equipas marginais.

No que respeita à comparação de formatos de torneios, o formato melhor de três tem a frequência mais elevada de vitórias futuras para a equipa ou jogador mais forte. Isto significa que é mais tolerante a uma perda individual, com o vencedor da competição a ter probabilidades de ter perdido vários jogos antes de conquistar o primeiro lugar.

Por outro lado, no fim do espetro estão os torneios de eliminatórias, nos quais são encontradas as percentagens mais baixas. Isto não deve ser grande surpresa para os fãs do desporto familiarizados como o velho ditado "É preciso uma boa equipa para vencer a liga, mas sorte para vencer a taça". 

O torneio suíço oferece aos jogadores um número igual de jogos, mas os melhores jogadores encontram-se muitas vezes empatados na luta pelo primeiro lugar e, muitas vezes, é considerado como o formato de competição menos atrativo.

Embora os torneios melhor de três e Round Robin ofereçam aos concorrentes a oportunidade justa de vencerem um torneio com base na sua capacidade, vale a pena relembrar que muitos torneios também são criados para garantir que os participantes tenham um tempo de jogo razoável ou para que os participantes estranhos ao torneio tenham a hipótese de brilhar.

No que concerne os apostadores, há uma lição preciosa a reter do estudo acima. Se pretende aumentar os ganhos, não efetue apostas futuras sem prestar muita atenção ao formato do torneio. A oferta está lá e, por agora, é tudo. 

Recursos de apostas - Capacitar as suas apostas

Os Recursos de apostas da Pinnacle são um dos conjuntos mais abrangentes de conselhos de especialistas sobre apostas que se podem encontrar online. Dar resposta a todos os níveis de experiência - o nosso objetivo é simplesmente capacitar os apostadores a obterem mais conhecimentos.