abr 23, 2022
abr 23, 2022

Diferenças de gênero no comportamento em apostas

Os homens apostam de maneira diferente das mulheres?

Quem joga mais?

Dados de apostas de acordo com o gênero

Compreender as diferenças entre os gêneros pode melhorar o desempenho nas apostas?

Diferenças de gênero no comportamento em apostas

Alguma vez você já se perguntou se o sexo oposto percebe as apostas de uma forma totalmente diferente da sua? As mulheres ganham mais do que os homens, ou os homens correm mais riscos? Nosso gênero dita nosso comportamento no jogo? Estudos identificaram as diferenças no comportamento de homens e mulheres quando se trata de apostas, mas há lições a serem aprendidas com o sexo oposto?

Apostar como um passatempo tem sido algo tradicionalmente reservado aos homens. No entanto, a explosão na popularidade das apostas online e outras formas de “entretenimento” relacionado ao jogo significa que há mais mulheres jogando do que nunca. O mais interessante é descobrir se homens e mulheres apostam de forma diferente e se existe algo que qualquer sexo pode aprender com o outro sobre o que funciona, ou não.

Para maior clareza, a grande maioria das casas de apostas oferece apenas a opção para que o apostador se identifique como homem ou mulher, conforme designado na sua certidão de nascimento. Como tal, os dados refletem apenas o que os indivíduos escolheram no momento da inscrição.

Uma pequena maioria

Se acreditarmos nas pesquisas, um terço dos homens fez uma aposta online nos últimos 12 meses em comparação com um quarto das mulheres no Reino Unido (o maior mercado de apostas do mundo em termos de proporção de número de clientes em relação à população). Portanto, a diferença é menor do que nunca e, potencialmente, diminui a cada dia.

Historicamente, os homens sempre tenderam a apostar mais em esportes do que as mulheres, e isso continua sendo verdade. Um estudo online nos EUA mostrou que 73% dos homens escolhem as apostas esportivas como sua atividade preferida, com apenas 40% das jogadoras dizendo que essa era sua atividade de jogo favorita.
Em média, os homens depositam £ 94 em contas de apostas online, em comparação com £ 67 para as mulheres.
Em contradição com alguns dos dados fornecidos mais adiante neste artigo, as mulheres preferem o bingo – um dos piores jogos em relação à taxa de retorno ao jogador (RTP) – algo evidenciado pelo número de sites de bingo que visam jogadores do sexo feminino.

Quanto aos esportes nos quais as mulheres apostam, estes tendem a ser os mesmos que os homens estão assistindo e apostando, ou seja, os esportes mais populares e de alto nível. Nos EUA, as mulheres costumam apostar nas principais ligas, como a NFL e a NBA, e no Reino Unido, estão mais propensas a apostar no futebol.

As mulheres tendem a apostar mais em esportes femininos do que os homens, mas ainda apostam consideravelmente mais em competições masculinas em proporção às suas apostas.Como uma proporção de suas apostas,  as mulheres
 também tendem a apostar mais em grandes eventos esportivos, como a Copa do Mundo, os Jogos Olímpicos ou jogos pontuais como finais de torneios de futebol ou o Superbowl.

Quem joga mais? Homens ou mulheres?

Curiosamente, um estudo mostra que mulheres que apostam tendem a apostar por mais tempo – 21 meses das suas vidas, em comparação com 14 para os homens. No entanto, embora os homens possam apostar por um período mais curto, em geral, eles tendem a investir o dobro do tempo em atividades relacionadas a apostas e realizam sessões de jogo mais frequentemente que as mulheres.
  • Quem gasta mais?

De acordo com um estudo, em média, os homens depositam £ 94 em contas de apostas online, em comparação com £ 67 para as mulheres.

  • Quem perde menos?
Um estudo sobre as apostas indicou que mulheres tendem a perder menos por ano (£ 2,6 mil) em comparação com homens (£ 3,7 mil).
  • Quem lucra mais?

As mulheres também podem ser apostadoras mais rentáveis que os homens. Um estudo realizado pela casa de apostas 888 em Nova Jersey mostrou que seus clientes do sexo feminino tiveram um ROI de 19% em um período de 12 meses, em comparação com os clientes do sexo masculino, que sofreram uma perda de 4,6%.

É importante notar que isso não é tudo. Se aprofundarmos esse estudo ainda mais, as mulheres mais jovens, na faixa etária de 18 a 24 anos, tiveram uma perda de cerca de 43%, um resultado pior do que o dos homens de idade semelhante. No entanto, as mulheres mais velhas (acima dos 25 anos) obtiveram um ROI sólido de 29% em suas apostas.

Razões para as diferenças

Os dados são interessantes por si só, mas por que mulheres e homens podem apostar de forma diferente? É importante observar que essas são tendências gerais obtidas a partir de grandes bancos de dados de clientes. Portanto, homens e mulheres apostarão individualmente de maneira diferente e a grande maioria desse tamanho de amostra será de apostadores recreativos – apostadores esportivos profissionais, é claro, apostarão de modo notavelmente diferente de um apostador casual.

Considerações da casa de apostas

Algumas casas de apostas levarão em consideração as diferenças entre apostadores masculinos e femininos e alterarão sua abordagem com relação aos clientes com base no gênero, com a participação de algumas casas de apostas conhecidas fatorando contas femininas para apenas um décimo das contas masculinas. Na prática, o que isso significa é que as contas femininas podem ser observadas mais de perto, estar sujeitas a limites de apostas mais baixos e são restritas mais rapidamente.

Isso tem um fundo biológico?

Sabemos por meio de estudos em outras áreas que as mulheres geralmente são mais avessas ao risco do que os homens – o que poderia explicar por que depositam e também perdem menos. Ao longo da história, vimos diferenças biológicas significativas e fatores ambientais que incentivaram os homens a assumir mais riscos.

Parte disso é evolutiva, e nossa herança como caçadores-coletores, de acordo com a qual os homens fisicamente mais fortes precisariam avaliar suas probabilidades de caçar seu jantar, enquanto as mulheres seriam mais voltadas para a família, criando os filhos.

Leia: O que distingue os jogadores vencedores dos perdedores?

Apostas bem-sucedidas exigem uma compreensão da matemática e probabilidade subjacentes, além da avaliação dos riscos. Isso tende a atrair homens que dominam áreas como matemática, programação e engenharia, mas essas carreiras também estão se tornando cada vez mais populares entre as mulheres, e faz sentido que mais mulheres estejam levando suas apostas a sério.

Os fatores sociais e as apostas científicas

As apostas têm sido historicamente associadas a indivíduos ricos, principalmente no caso de cassinos ou corridas de cavalos. Em um ponto da história, as mulheres costumavam ser barradas em alguns desses estabelecimentos ou eram uma raridade em qualquer caso.
73% dos homens escolheram as apostas desportivas como a sua atividade preferida em comparação com apenas 40% das jogadoras.
O estigma persistente ao redor de jogos de azar talvez possa ser um fator determinante para que menos mulheres joguem do que homens, já que as jogadoras do sexo feminino podem temer a desaprovação se admitirem que gostam de jogar. O bingo é um caso interessante, uma vez que seu formato é visto como mais socialmente aceitável como um jogo adequado para a diversão de uma noite, o que levou à sua popularidade entre as mulheres, que agora se traduz em uma infinidade de sites de bingo que atendem a clientes do sexo feminino.

Em termos de apostas modernas, muitas mulheres, sendo mais avessas ao risco, olharão para as oportunidades de apostas como investimentos potenciais em vez de puro entretenimento. De fato, estudos identificaram que 20% das mulheres são compradoras frequentes de ferramentas de análise de dados para melhorar suas apostas, em comparação com 15% dos homens. Conforme demonstrado pelos tamanhos de depósito menores, as mulheres também são mais propensas a testar sistemas e reduzir seu risco inicialmente, mantendo mais disciplina sobre sua banca do que os homens.

Curiosamente, olhando para os sites de apostas e arbitragem mais populares, parece haver significativamente mais mulheres membros nos vários grupos/fóruns de dicas de esportes dos quais faço parte, o que faz muito sentido se considerarmos os motivos listados acima. Tanto apostas combinadas quanto arbitragem são uma maneira mais segura de garantir lucro e renda estável, e exigem uma mentalidade analítica para que os apostadores sejam menos propensos a apostar por impulso nos jogos que estão sendo assistidos.

Como também sabemos, os homens são consumidores mais frequentes de mídia e cobertura esportiva (embora essa lacuna esteja diminuindo) e, portanto, são mais propensos a se envolver emocionalmente no processo de apostas.

Considerações finais

O que parece evidente a partir do exposto é que, como um todo, as mulheres tendem a apostar de forma mais inteligente do que os homens, pelo menos em nível recreativo. Na verdade, as mulheres tendem a apresentar as seguintes vantagens:
  • Começar com pouco ao testar suas estratégias
  • Gerenciar sua banca de forma eficaz
  • Evitar perseguir perdas
  • Investir tempo e despesas em análise de dados
  • Explorar ofertas de baixo risco e bônus de inscrição
  • Remover a emoção de suas apostas
  • Tratar as apostas como um investimento
Você notará que esses são os fundamentos essenciais para qualquer apostador de sucesso. Não há nada que impeça os homens (ou qualquer outro indivíduo de qualquer gênero) de agir da mesma maneira!

Visite a seção de Recursos de Apostas paraler sobre as vantagens de apostar com as margens da Pinnacle ou saber mais sobre psicologia e estratégia de apostas com Neel Shah. Para obter probabilidades favoráveis, margens reduzidas e limites altos, inscreva-se na Pinnacle.
Recursos de apostas - Capacitar as suas apostas

Os Recursos de apostas da Pinnacle são um dos conjuntos mais abrangentes de conselhos de especialistas sobre apostas que se podem encontrar online. Dar resposta a todos os níveis de experiência - o nosso objetivo é simplesmente capacitar os apostadores a obterem mais conhecimentos.