mai 14, 2021
mai 14, 2021

A história da Copa América

As origens da Copa América

Quem ganhou mais títulos da Copa América?

Quem marcou mais gols na história da Copa América?

Fatos e estatísticas da história da Copa América

A história da Copa América

A 47ª edição da Copa América começa no dia 13 de junho deste ano. Antes do torneio deste ano, aqui está tudo o que você precisa saber sobre a competição de futebol mais famosa da América do Sul, bem como uma variedade de estatísticas, fatos e números interessantes sobre sua história.

As origens da Copa América

A primeira edição da Copa América (conhecida então como Campeonato Sul-Americano de Futebol) foi realizada na Argentina de 2 a 17 de julho de 1916 como parte das comemorações do centenário da independência do país. O torneio contou com a presença da seleção Argentina, além de Brasil, Chile e Uruguai, que liderou o grupo de quatro seleções e foi coroado o primeiro campeão sul-americano oficial de futebol.

Devido à sua popularidade, o torneio foi realizado novamente no Uruguai no ano seguinte, e eles defenderam o título com sucesso, vencendo todas as suas partidas sem sofrer nenhum gol. A partir de 1919, a competição passou a ser disputada anualmente, com o Paraguai se tornando a quinta seleção convidada para competir, ao substituir o Chile em 1921.

A competição se expandiu para cinco equipes pela primeira vez em 1922, enquanto a Bolívia e o Peru fizeram sua estreia em 1926 e 1927, respectivamente. No entanto, o torneio sofreu interrupções consistentes, sendo realizado em apenas sete ocasiões entre 1929 e 1945, com as equipes frequentemente desistindo devido a uma variedade de razões.

Pela primeira (e única) vez, o torneio foi realizado duas vezes no mesmo ano em 1959. Após a edição de 1967, mais uma vez patrocinada e vencida pelo Uruguai, a competição foi interrompida indefinidamente como resultado do declínio do interesse e problemas políticos em todo o continente.

Seleções da CONMEBOL na Copa América

Equipe

Nº de participações

Estreia

Argentina

42

1916

Bolívia

27

1926

Brasil

36

1916

Chile

39

1916

Colômbia

22

1945

Equador

28

1939

Paraguai

37

1921

Peru

32

1927

Uruguai

44

1916

Venezuela

18

1967

A copa América hoje

Em 1975, o torneio voltou, já rebatizado como Copa América e com um formato renovado, apresentando todos os 10 países da CONMEBOL pela primeira vez, jogando partidas ao longo do ano sem um país anfitrião designado. Uma chave de eliminação também foi introduzida, com as equipes competindo em três grupos para garantir uma vaga nas semifinais.

Um total de oito países de fora da CONMEBOL competiram na Copa América.

Também foi acordado que o torneio seria realizado a cada quatro anos, mudando para a cada dois anos a partir de 1987, a cada três anos a partir de 2001 e de volta para a cada quatro anos a partir de 2015. Em 1987, o torneio voltou a ter uma nação anfitriã e, desde então, normalmente é realizado em junho e/ou julho.

Em 1993, México e Estados Unidos se tornaram os primeiros países de fora da CONMEBOL convidados para competir, a fim de garantir que todos os grupos contassem com o mesmo número de equipes. Desde então, essa honra também foi estendida à Costa Rica, Haiti, Honduras, Jamaica, Japão, Panamá e Qatar.

A Copa América Centenário, uma edição especial da competição comemorando seu 100º aniversário, foi realizada nos Estados Unidos em 2016, sendo realizada pela primeira vez fora da América do Sul. A edição mais recente do torneio aconteceu em 2019, com o Brasil dando as boas-vindas às equipes e levando o título depois de superar o Peru por 3 a 1 na final.

O torneio deste ano estava originalmente agendado para o ano passado, após um acordo de que a Copa América seria realizada nos mesmos anos do Campeonato da Europeu da UEFA, antes de ser adiada como consequência da pandemia de covid-19.

Quem ganhou mais títulos da Copa América?

O Uruguai tem a história de maior sucesso na Copa América, acumulando 15 títulos – o mais recente, em 2011. Os uruguaios são seguidos de perto pela Argentina, com 14 troféus, e o Brasil, com nove.

Com exceção dos três, nenhuma seleção venceu a Copa América mais de duas vezes, com Chile, Paraguai e Peru, cada um, levantando o troféu em duas ocasiões e Bolívia e Colômbia conquistando o feito uma vez. Equador e Venezuela ainda não conquistaram a Copa América em 46 jogos disputados entre eles. O torneio também nunca foi vencido por uma equipe de fora da CONMEBOL, embora o México tenha sido vice-campeão em 1993 e 2001.

Vencedores da copa américa

Equipe

Vitórias

Anos

Uruguai

15

1916, 1917, 1920, 1923, 1924, 1926, 1935, 1942, 1956, 1959 (segunda edição), 1967, 1983, 1987, 1995, 2011

Argentina

14

1921, 1925, 1927, 1929, 1937, 1941, 1945, 1946, 1947, 1955, 1957, 1959 (primeira edição), 1991, 1993

Brasil

9

1919, 1922, 1949, 1989, 1997, 1999, 2004, 2007, 2019

Chile

2

2015, 2016

Paraguai

2

1953, 1979

Peru

2

1939, 1975

Bolívia

1

1963

Colômbia

1

2001

Quem marcou mais gols na história da Copa América?

O meio-campista argentino Noberto Mendez e a lenda brasileira Zizinho são os maiores artilheiros de todos os tempos da história da Copa América, ambos com 17 gols no torneio. Todos os 19 gols de Mendez com a camisa Argentina, exceto dois, foram marcados na Copa América e o jogador também foi o artilheiro do torneio de 1945, ajudando a seleção a alcançar a vitória.

Zizinho (classificado por Pelé como seu maior companheiro de equipe) venceu o torneio apenas uma vez, em 1949, mas fez parte da seleção brasileira que registrou a maior margem de vitória em uma final em todos os tempos, ao golerar o Paraguai por 7 a 0.

Jair da Rosa Pinto (Brasil, 1949), Humberto Maschio (Argentina, 1957) e Javier Ambrois (Uruguai, 1957) compartilham o recorde de mais gols em um único torneio da Copa América com nove, enquanto Hector Scarone (Uruguai, 1926), Juan Marvezzi (Argentina, 1941) e Evaristo de Macedo (Brasil, 1957) são os únicos jogadores a terem marcado cinco gols em uma partida da Copa América.

Melhores artilheiros da Copa América de todos os tempos

Jogador

País

Gols

Noberto Mendez

Argentina

17

Zizinho

Brasil

Lolo Fernandez

Peru

15

Severino Varela

Uruguai

Paolo Guerrero

Peru

14

Ademir

Brasil

13

Gabriel Batistuta

Argentina

Jair

Brasil

Jose Manuel Moreno

Argentina

Hector Scarone

Uruguai

Fatos e estatísticas da história da Copa América

O Uruguai tem o maior número de participações (44) e partidas disputadas (201) na Copa América, mas é a Argentina que pode se orgulhar de ter mais vitórias (122) e gols marcados (462). A Argentina também chegou à final na maioria das ocasiões (28 vezes), registrando uma taxa exata de 50% de vitórias em finais da Copa América, sendo a única seleção a vencer três edições consecutivas, feito alcançado em 1945, 1946 e 1947.

A Argentina mantém a maior média de pontos por jogo no torneio (2,08).

Guillermo Stabile, que treinou a Argentina por mais de duas décadas entre 1939 e 1960, é o técnico de maior sucesso na história da competição, acumulando seis títulos sob o seu comando. Ele também é o técnico que disputou mais partidas, com um total de 44.

Os seis títulos de Angel Romano conquistados com o Uruguai entre 1916 e 1926 fazem dele o jogador mais condecorado da história do torneio, tendo conquistado o troféu de maneira impressionante em todas as edições, exceto em três das quais participou. No entanto, a honra do jogador com mais participações na história da Copa América é dividida entre o chileno Sergio Livingstone e Zizinho, ambos entraram em campo em 34 partidas no torneio.

A vitória enfática da Argentina por 12 a 0 sobre o Equador em 1942 marcou a maior margem de vitória já vista na Copa América, além de ser o maior número de gols marcados por uma equipe em uma partida da Copa América.

Em termos de registros negativos, o Chile sofreu o maior número de derrotas na competição (86), mas o Equador sofreu o maior número de gols (318). Quatro equipes nunca venceram uma partida na Copa América: Jamaica, Japão, Haiti e Qatar, e a Jamaica também é a única que nunca marcou um gol no torneio, falhando em encontrar a rede adversárias nas duas partidas que disputou em 2015 e 2016.

Ansioso pela Copa América deste ano? Ganhe do seu jeito com a ajuda das probabilidades mais recentes para a Copa América 2021 em mercados de apostas futuras, em cada partida, grupos e muito mais com a Pinnacle.

Recursos de apostas - Capacitar as suas apostas

Os Recursos de apostas da Pinnacle são um dos conjuntos mais abrangentes de conselhos de especialistas sobre apostas que se podem encontrar online. Dar resposta a todos os níveis de experiência - o nosso objetivo é simplesmente capacitar os apostadores a obterem mais conhecimentos.