close

Antevisão do Grupo G do Campeonato do Mundo de Futebol

Antevisão do Grupo G do Campeonato do Mundo de Futebol

Previsões do Grupo G do Campeonato do Mundo de Futebol

Quem se qualificará no Grupo G do Campeonato do Mundo?

Probabilidades de apostas no Grupo G

Antevisão do Grupo G do Campeonato do Mundo de Futebol

A Inglaterra e a Bélgica ficaram satisfeitas com o sorteio para o grupo G, mas que equipa encabeçará o grupo? Leia esta análise dos especialistas com a antevisão do Grupo G do Campeonato do Mundo de Futebol de 2018 de que precisa antes do torneio.

Previsões do Grupo G do Campeonato do Mundo de Futebol: o que dizem as probabilidades?

Previsões do Grupo G do Campeonato do Mundo de Futebol

Posição

Equipa

Pontos Mais de/Menos de

1

Bélgica

6,5

2

Inglaterra

6,5

3

Tunísia

2,5

4

Panamá

1,5

 

Bélgica

Classificação Mundial Elo: 9

Classificação das melhores equipas do Campeonato do Mundo da Pinnacle: 6

Melhor desempenho anterior: Quarto lugar (1986)

Melhor marcador na fase de qualificação: Romelu Lukaku (11 golos)

Principal jogador: Kevin De Bruyne

Probabilidades de avançar da fase de grupos: 1,104*

Probabilidades de ganhar o Campeonato do Mundo: 12,090*

A famosa "Geração de Ouro" belga chega a este torneio com talvez a sua melhor equipa de sempre.

Qualquer ataque que apresente o talento de Kevin De Bruyne e Eden Hazard criará sem dúvida oportunidades. A ênfase estará em Romelu Lukaku para converter essas oportunidades em golos que possam ajudar os belgas a chegar à parte final da competição.

É provável que ele tenha muitas hipóteses de marcar golos neste grupo. Os talentos excecionais incluídos na equipa belga diminuem os da Tunísia e, especialmente, os do Panamá, tornando muito provável a vitória belga nesses jogos.

Para cobrir o défice de centrais, Roberto Martinez opta normalmente por uma formação de ataque em 3-4-3. Thibaut Courtois guarda a baliza atrás de um trio defensivo robusto, composto por três jogadores que jogam atualmente em Inglaterra: Jan Vertonghen, Vincent Kompany e Toby Alderweireld. Mousa Dembele e Axel Witsel competem entre si pela hipótese de jogar ao lado de Kevin De Bruyne nas posições de médio central. Thomas Meunier está consagrado como o lateral direito da Bélgica enquanto a posição do lado esquerdo será uma causa de preocupação para Martinez.

Yannick Ferreira Carrasco ocupa frequentemente essa posição, mas o trabalho defensivo do lateral pode ser duvidoso. Passou da La Liga para a menos desafiante Superliga chinesa, o que não ajuda as suas hipóteses de ser jogador inicial na Rússia. Jordan Lukaku, da Lazio, é o principal adversário nessa posição, mas é um pouco suspeito em termos de posse de bola e também não é o mais forte defensivamente.

Essa posição pode dar alguns problemas à Bélgica frente à Inglaterra, mas é mais provável que os laterais sejam necessários em termos ofensivos contra o Panamá e a Tunísia. Os três jogadores na frente do campo devem passar uns momentos produtivos nesses jogos. Provavelmente, Eden Hazard, do Chelsea, e Dries Mertens, do Nápoles, irão ladear Lukaku e será difícil para as equipas conterem esses três jogadores, especialmente se De Bruyne estiver a puxar os cordelinhos.

É provável que os favoritos do grupo dominem nos seus dois jogos inaugurais contra as seleções de menor tradição. O jogo final do grupo contra a Inglaterra pode ser um jogo cheio de golos, mas já definido, uma vez que devido à natureza idêntica do grupo H, não há grande vantagem em terminar nos lugares cimeiros deste grupo.

Como tal, espere golos por parte da Bélgica. Romelu Lukaku está disponível com uma avaliação de 19,380* em como vai ganhar a Bota de Ouro e pode ser uma seleção sensata naquele que deverá ser um grupo com muitos golos marcados.

Panamá

Classificação Mundial Elo: 48

Classificação das melhores equipas do Campeonato do Mundo da Pinnacle: 32

Melhor desempenho anterior: Primeiro Campeonato do Mundo

Melhor marcador na qualificação: Gabriel Torres, Román Torres (2 golos)

Principal jogador: Román Torres

Probabilidades de avançar da fase de grupos: 9,080*

Probabilidades de ganhar o Campeonato do Mundo: 645,590*

O Panamá qualificou-se automaticamente para este torneio, terminando à frente das Honduras e dos Estados Unidos na final da ronda de qualificação da CONCACAF. Foi uma proeza enorme para um país que nunca tinha chegado às finais de qualificação anteriormente.

O defesa Román Torres marcou um golo vital no jogo contra a Costa Rica, conseguindo enviar a equipa para a Rússia. É vital para o Panamá em ambos os extremos do campo, conseguindo dois golos na qualificação e liderando a defesa que não sofreu golos em quatro dos dez jogos.

Só marcaram nove golos em dez jogos na fraca região de qualificação da América do Norte e, portanto, será pouco provável que ameacem defesas fortes. A sua força atacante é, sem dúvida, experiente com uma idade combinada de 66 anos, mas nenhum dos jogadores chegou às ligas de elite do futebol.

A seleção do Panamá está avaliada mais ou menos ao mesmo nível de uma equipa da League 2 inglesa (quarta divisão) e é difícil contestar que possuem muito mais qualidade do que essa avaliação de facto sugere. Vão precisar, sem dúvida, da sua forte química de equipa e de um plano tático para compensar os seus jogadores com qualidades bastante inferiores. Terão de apresentar um desempenho ao seu melhor nível para terem uma hipótese de ganhar um ponto sequer no torneio.

Uma derrota recente por 6-0 no jogo amigável contra a Suíça demonstrou as dificuldades que o Panamá poderá enfrentar ao nível do Campeonato do Mundo. Uma coisa é frustrar as ambições de países, como as Honduras e os EUA, mas será muito mais difícil evitar que jogadores como Harry Kane e Eden Hazard penetrem a sua defesa.

Para o Panamá, ganhar um ponto deve ser considerado como um sucesso no torneio e a sua única oportunidade razoável de o fazer é contra a Tunísia. Os tunisinos podem ter dificuldades em abrir barreiras numa equipa que está preparada para se defender deles. Há uma pequena hipótese de o Panamá poder marcar um golo de uma jogada de bola parada ou num contra-ataque.

No entanto, a bem da verdade, a Tunísia ainda tem talentos que jogam a um nível muito mais elevado do que a equipa do Panamá, e é provável que sejam os vencedores do jogo. Em resultado disso, a jogada de valor pode estar em apostar como eles ganham menos de 1,5 pontos com uma avaliação de 1,620*.

Tunísia

Classificação Mundial Elo: 51

Classificação das melhores equipas do Campeonato do Mundo da Pinnacle: 32

Melhor desempenho anterior: Fase de grupos (1978, 1998, 2002, 2006)

Melhor marcador na fase de qualificação: Youssef Msakni (3 golos)

Principal jogador: Wahbi Khazri

Probabilidades de avançar da fase de grupos: 5,770*

Probabilidades de ganhar o Campeonato do Mundo: 645,590*

A Tunísia pode ser bastante superior ao Panamá, mas continuam a ser os forasteiros neste grupo. Qualificaram-se para o seu primeiro Campeonato do Mundo desde 2006, ao encabeçar, segundo as normas da CAF, uma fase de qualificação final bastante clara.

Os tunisinos possuem uma defesa bem organizada com centrais que são incentivados a avançar no campo e a juntar-se ao ataque. Isto será especialmente importante contra a defesa da seleção do Panamá, contra quem a Tunísia terá de mostrar o ímpeto do seu ataque. Ali Maâloul, o lateral esquerdo que joga nos gigantes do Egito, a equipa do Al Ahly, é a figura importante na criação de boas jogadas por parte da Tunísia.

Dois destruidores jogam nas posições mais isoladas na sua formação favorita de 4-2-3-1. Os três médios ofensivos, Msakni, Khazri e Sliti, proporcionam muita criatividade e devem ser demasiado para o Panamá. A Inglaterra e a Bélgica devem jogar pelo seguro e levar a sério a ameaça atacante da Tunísia se esses três jogadores estiverem em campo.

A Tunísia foi infeliz com o sorteio para o seu grupo e, apesar de possuir alguns jogadores criativos subestimados, é improvável que fique à frente das duas equipas europeias.

Uma partida final contra o Panamá oferece à Tunísia a hipótese de retirar algum orgulho da apresentação feita na Rússia, e não é de todo impossível que causem uma perturbação, estando a Inglaterra particularmente suscetível de ficar frustrada nos jogos do torneio. A aposta em como a Tunísia marca mais de 2,5 pontos no grupo com uma avaliação de 1,826* deve ser atraente para os apostadores com conhecimento da sua superioridade face ao Panamá.

Inglaterra

Classificação Mundial Elo: 7

Classificação das melhores equipas do Campeonato do Mundo da Pinnacle: 7

Melhor desempenho anterior: Vencedores (1966)

Melhor marcador na fase de qualificação: Harry Kane (5 golos)

Principal jogador: Harry Kane

Probabilidades de avançar da fase de grupos: 1,124*

Probabilidades de ganhar o Campeonato do Mundo: 18,120*

A Inglaterra chega a este torneio com o objetivo de evitar repetir a saída na fase de grupos em 2014. O sorteio foi muito mais simpático para a equipa inglesa desta vez, mas o desempenho inesperado da Costa Rica no Brasil deve ser um aviso suficiente para que a Inglaterra leve a sério os seus adversários.

Esta equipa melhorou em quase todos os aspetos desde o Campeonato do Mundo de 2014. Kyle Walker e Kieran Trippier surgiram como laterais direitos muito melhores do que Glen Johnson foi em 2014. Danny Rose apresenta uma extraordinária capacidade atlética no lado esquerdo, enquanto John Stones é o tipo de defesa composto que a Inglaterra não teve no Brasil.

Harry Kane é um avançado genuinamente de primeira categoria. Se estiver na sua melhor forma física, a equipa inglesa pode perturbar qualquer defesa. O seu elenco de apoio é forte com Raheem Sterling, Delli Alli e Jesse Lingard que oferecem opções de ataque.

O selecionador Gareth Southgate mudou a equipa para uma formação em 3-4-3 nos últimos jogos amigáveis, demonstrando flexibilidade tática que faltou a alguns dos seus antecessores. Os jogadores da Inglaterra adequam-se a esta formação com a diligência de Trippier e Rose bem coberta pelo ritmo de Walker na sua nova posição de defesa central.

Apesar das melhorias conseguidas desde o Brasil, a equipa de Inglaterra ainda tem falhas em algumas áreas. O guarda-redes é um problema óbvio, tendo o declínio de Joe Hart deixado um vazio que ainda ninguém conseguiu preencher de forma convincente. As posições no meio campo central também são uma preocupação.

No novo sistema, os dois médios defensivos têm de influenciar o jogo e a Inglaterra tem, por vezes, sido letárgica nesta área. Precisarão que Jordan Henderson traga para o campeonato a forma que demonstrou durante a fase de qualificação do Liverpool para a Liga dos Campeões. Eric Dier, Alex Oxlade-Chamberlain e Jack Wilshere são as opções para jogar ao lado do capitão do Liverpool.

A Inglaterra abre o grupo com um jogo contra a Tunísia que deve ganhar. Já não é a primeira vez que começam um torneio de forma indolente, mas têm de começar com o pé direito para evitar dar aos tunisinos qualquer esperança de qualificação. Outro resultado que não uma vitória no jogo contra o Panamá seria um choque muito maior do que a derrota contra a Islândia no Euro 2016 e, portanto, espera-se a qualificação dos ingleses nesta ronda.

Apesar da sua melhoria, a seleção da Inglaterra continua a ser marginalmente inferior à Bélgica neste grupo. Tem mais probabilidade de perder pontos para a Tunísia e é provável que o jogo final contra os favoritos do grupo tenha um resultado a favor dos belgas. Uma aposta em como a Inglaterra não ganha o Grupo G, com uma avaliação de1,763*, pode oferecer valor, especialmente uma vez que a Bélgica deve possuir uma diferença de golos melhor do que a Inglaterra.

A seguir: Antevisão do Grupo H do Campeonato do Mundo de Futebol

Obtenha as melhores probabilidades para o Campeonato do Mundo de 2018 e os melhores conselhos de apostas para o Campeonato do Mundo com a Pinnacle.

Probabilidades sujeitas a alteração

Recursos de apostas - Capacitar as suas apostas

Os Recursos de apostas da Pinnacle são um dos conjuntos mais abrangentes de conselhos de especialistas sobre apostas que se podem encontrar online. Dar resposta a todos os níveis de experiência - o nosso objetivo é simplesmente capacitar os apostadores a obterem mais conhecimentos.