Antevisão do Grupo F do Campeonato do Mundo de Futebol

Antevisão do Grupo F do Campeonato do Mundo de Futebol

Previsões do Grupo F do Campeonato do Mundo de Futebol

Quem se qualificará no Grupo F do Campeonato do Mundo?

Probabilidades de apostas no Grupo F

Antevisão do Grupo F do Campeonato do Mundo de Futebol

Atual campeã do mundo, a Alemanha é a favorita no Grupo F; será que outra equipa consegue desafiá-la? Leia esta análise dos especialistas com a antevisão do Grupo F do Campeonato do Mundo de Futebol de 2018 de que precisa antes do torneio.

Previsões do Grupo F do Campeonato do Mundo de Futebol: o que dizem as probabilidades?

Previsões do Grupo F do Campeonato do Mundo de Futebol

Posição

Equipa

Pontos Mais de/Menos de

1

Alemanha

6,5

2

México

3,5

3

Suécia

3,5

4

República da Coreia

2,5

Alemanha 

Classificação Mundial Elo: 2

Classificação das melhores equipas do Campeonato do Mundo da Pinnacle: 2

Melhor desempenho anterior: Vencedores (1954, 1974, 1990, 2014)

Melhor marcador na fase de qualificação: Thomas Müller, Sandro Wagner (5 golos)

Principal jogador: Toni Kroos                        

Probabilidades de avançar da fase de grupos: 1,093*

Probabilidades de ganhar o Campeonato do Mundo: 5,440* 

A equipa dos atuais campeões mundiais chega a este Campeonato do Mundo incontestavelmente mais forte do que a equipa que ganhou em 2014. 

Perder o excecional Phillip Lahm poderia ter enfraquecido a equipa, mas o aparecimento de Joshua Kimmich no Bayern de Munique suavizou esse impacto de forma significativa. 

Da mesma forma, a posição vaga de atacante de Miroslav Klose será provavelmente preenchida pelo avançado do RB Leipzig, Timo Werner, que traz ritmo e um movimento inteligente à equipa. 

A base da equipa que teve sucesso em 2014 continua a ser a mesma. Hummels e Boateng formam um par de defesas centrais com que se pode contar enquanto o engenho de Sami Khedira complementa a capacidade artística de Toni Kroos no meio campo. 

O imprevisível Mesut Ozil pode parecer uma figura frustrada ao nível do clube, mas é uma parte fundamental da seleção nacional. Tem a capacidade de explorar as corridas de Werner no segmento final do campo. É igualmente provável que os alemães ponham Leroy Sane em campo na ala esquerda, pois vem adicionar amplitude e astúcia às suas jogadas de ataque. 

Manuel Neuer esteve ausente grande parte da época devido a lesão, mas quando se tem um substituto com a qualidade de Andre Ter Stegen, não vale a pena preocuparmo-nos demasiado com a posição de guarda-redes. 

Se há uma fraqueza nesta equipa alemã, manifestar-se-á provavelmente na posição de lateral esquerdo. Quem a ocupa atualmente é Jonas Hector, que é um bom jogador, mas está um nível abaixo face aos seus colegas de equipa. Os adversários poderão ver a batalha pelo lado esquerdo alemão como uma que podem ganhar e podem ter razão, se conseguirem isolar um lateral conhecido de forma individual com o ponta de lança do Colónia. 

Dito isto, este grupo não tem equipas com a capacidade de explorar eventuais fraquezas no alinhamento alemão. Espera-se que a Alemanha domine a posse de bola e avance com facilidade no torneio sem problemas de maior. 

Os alemães vão querer vencer este grupo para evitar um potencial encontro com o Brasil nos 16 avos de final. Farão questão de evitar deslizes nos vários jogos da fase de grupos. Dada a lacuna de qualidade entre a Alemanha e o resto do grupo, apostar em como vencem com mais de 6,5 pontos, com uma avaliação de 1,568* poderá ser uma aposta sensata.

México

Classificação Mundial Elo: 17

Classificação das melhores equipas do Campeonato do Mundo da Pinnacle: 16

Melhor desempenho anterior: Quartos de final (1970, 1986)

Melhor marcador na fase de qualificação: Hirving Lozano

Principal jogador: Hirving Lozano

Probabilidades de avançar da fase de grupos: 2,030*

Probabilidades de ganhar o Campeonato do Mundo: 121,000*

O México chega a este torneio com o objetivo de superar “a maldição do quinto jogo” depois de ter sido eliminado nos 16 avos de final em todos os Campeonatos do Mundo desde 1994. 

O selecionador Miguel Herrera definiu que o torneio seria um sucesso se o México chegasse, pelo menos, aos quartos de final, mas estará talvez a sobrestimar a capacidade da sua equipa. Sendo grande a probabilidade de o Brasil encabeçar o Grupo E, os mexicanos terão provavelmente de ficar à frente dos campeões do mundo neste grupo ou de derrotar os brasileiros na segunda ronda para irem tão longe. 

Não é, de modo algum, um dado adquirido que o México se qualifica deste grupo. Têm, sem dúvida, mais qualidade individual do que a Coreia do Sul e a Suécia, mas estas equipas costumam jogar acima da soma das suas partes. 

O trio frontal de eleição do México ameaçará qualquer equipa. Provavelmente, Chicharito comandará o ataque e, embora o seu jogo versátil deixe algo a desejar, ele constitui uma ameaça dentro da pequena área. Hirving Lozano deverá colocar-se na vitrine do futebol, se trouxer a forma que exibe no clube para esta ronda mundial. O lateral, que dá pela alcunha de “Chucky”, marcou 16 golos na sua época de estreia na Eredivisie, o campeonato de futebol holandês. 

O revigorado Carlos Vela junta-se aos dois no ataque, enquanto Hector Herrera, do Porto, e Andres Guadardo, do Real Betis, trazem energia para o meio campo. 

O México inicia o campeonato contra a Alemanha e é pouco provável que consiga pontos aí. O jogo final contra a Suécia poderá ser aquele onde a qualificação se ganha ou se perde. Devem conseguir obter pontos tanto contra a Coreia do Sul como contra a Suécia e têm uma hipótese remota de aborrecer a Alemanha caso a campeã do mundo tenha um início lento na sua busca pelo novo título. 

Um empate e uma vitória neste grupo estão bem ao alcance do México; portanto, os apostadores devem considerar as probabilidades de 1,657* em como obtêm mais de 3,5 pontos. 

Suécia 

Classificação Mundial Elo: 13

Classificação das melhores equipas do Campeonato do Mundo da Pinnacle: 17

Melhor desempenho anterior: Segundo lugar (1958)

Melhor marcador na fase de qualificação: Marcus Berg (8 golos)

Principal jogador: Emil Forsberg

Probabilidades de avançar da fase de grupos: 2,310*

Probabilidades de ganhar o Campeonato do Mundo: 162,150* 

A Suécia teve um desempenho na fase de qualificação que superou as expectativas de muitos, terminando à frente da Holanda antes de sair vitoriosa nos dois jogos frente à Itália, a equipa real do Campeonato do Mundo. 

Teoricamente, parece que os suecos lidaram muitíssimo bem com a reforma do goleador Zlatan Ibrahimovic, mas um olhar mais atento mostra que tiveram sorte em qualificar-se para o torneio. 

Em termos de golos esperados, os suecos foram superados (1,41 para 0,25) no segundo jogo contra a Itália e marcaram o golo que lhes deu o empate graças a um desvio do seu único remate à baliza nos dois jogos. Não criaram hipóteses óbvias nos dois jogos, destacando as suas limitações ofensivas. 

É colocada demasiada da carga atacante nos ombros de Emil Forsberg. Se, tal como se prevê, Forserg for muito marcado pelos jogadores adversários, então os suecos recorrem a passes compridos em direção aos seus diligentes mas limitados avançados. A equipa perde a posse de bola demasiado facilmente para criar ataques de forma consistente. 

A Suécia é boa em termos defensivos, com uma retaguarda bem treinada e protegida por dois médios defensivos. Porém, em algum momento do torneio, a Suécia terá de ir à procura do tão desejado golo e isso favorecerá os adversários. 

Os suecos procuram atualmente competir com a Coreia do Sul pela posição de pior equipa do Grupo F ao iniciar o torneio. No entanto, os sul-coreanos têm alguns jogadores atacantes que podem fazer a diferença, enquanto a Suécia apenas dispõe realmente de Forsberg com a qualidade de mudar os jogos.

Será uma equipa perigosa em jogadas de bola parada com a capacidade de Forsberg e Seb Larsson, mas terão de manobrar a bola até ao terço final do campo para conseguirem antes de mais essas oportunidades de bola parada. 

É claro que tudo isto pode mudar se Zlatan regressar. É um jogador que tem a capacidade de criar uma liderança a que os suecos se podem agarrar e é especialmente capaz de passes compridos. Se saísse da reforma, os suecos teriam uma hipótese real de se qualificarem, mas atualmente é difícil vê-los a ter um desempenho particularmente bom. 

Sem Ibrahimovic, os apostadores estarão interessados que a Suécia não passe a fase de grupos, com uma avaliação de 1,625*. Caso a lenda sueca se declare disponível para jogar, estas probabilidades podem mudar. 

República da Coreia

Classificação Mundial Elo: 13

Classificação das melhores equipas do Campeonato do Mundo da Pinnacle: 17

Melhor desempenho anterior: Quarto lugar (2002)

Melhor marcador na fase de qualificação: Ki Sung-Yueng, Koo Ja-Cheol (2 golos)

Principal jogador: Son Heung-Min

Probabilidades de avançar da fase de grupos: 4,359*

Probabilidades de ganhar o Campeonato do Mundo: 464,300* 

Apesar de se qualificarem para o Campeonato do Mundo na Rússia, a equipa da Coreia do Sul realizou uma campanha de qualificação desapontante, que acabou por levar ao despedimento do selecionador principal, Uli Stielike. Foi substituído pelo antigo treinador dos sub-20 e sub-23, Shin Tae-Yong, que os liderou para dois empates sem golos, garantindo a qualificação para o seu nono Campeonato do Mundo consecutivo. 

Sob a direção de Shin, os resultados foram mistos. Os coreanos produziram desempenhos sólidos nos jogos amigáveis em novembro, derrotando a Colômbia e conseguindo um empate credível contra a Sérvia. Contudo, na ronda de março, foram derrotados por uma equipa limitada da Irlanda do Norte e pela Polónia. 

A Coreia do Sul tem uma reputação quanto a uma estrutura defensiva organizada e ao elevado ritmo de trabalho e, desta vez, dispõe de alguma qualidade adicional para juntar a essa mistura. Heung-Min Son proporciona ritmo e determinação a um ataque jovem. O avançado do Red Bull Salzburg, Hee-Chan Hwang, está a desfrutar de uma série de sucessos na Liga Europa, enquanto o médio atacante Kwon Chang-Hoon fez uma transição sem esforço para a vida na Ligue 1

Os coreanos preferem uma formação de 5-4-1 com uma defesa robusta que cobre a falta de qualidade individual na retaguarda. O experiente Ki Sung-Yong terá a companhia de outro médio defensivo para proteger os três centrais. Contam com o dinamismo de Son e Kwon para fazer a bola avançar rapidamente pelo campo e criar oportunidades. 

Este plano de jogo poderá, na verdade, ter mais sucesso contra equipas melhores, já que os coreanos irão encontrar espaço para contra-atacar. Se conseguirem isolar Son individualmente com os defesas, ele conseguirá criar situações perigosas com facilidade. 

Caso os coreanos assumam a liderança, então os adversários terão de procurar um equilíbrio e evitar que Son isole os seus defesas. A Suécia, em particular, terá dificuldades com isto, se a Coreia conseguir marcar o primeiro golo. 

Embora esta equipa coreana não tenha feito uma qualificação impressionante, tem mais qualidade no ataque do que demonstraram nos jogos recentes. Se conseguirem manter-se sólidos na retaguarda, então certamente vão apreciar retirar pontos à Suécia ou ao México. Em resultado disso, as probabilidades de 2,000* em como a República da Coreia ganha mais de 2,5 pontos poderão ser favoráveis para os apostadores.

A seguir: Antevisão do Grupo G do Campeonato do Mundo de Futebol

Obtenha as melhores probabilidades para o Campeonato do Mundo de 2018 e os melhores conselhos de apostas para o Campeonato do Mundo com a Pinnacle.

Probabilidades sujeitas a alteração

Recursos de apostas - Capacitar as suas apostas

Os Recursos de apostas da Pinnacle são um dos conjuntos mais abrangentes de conselhos de especialistas sobre apostas que se podem encontrar online. Dar resposta a todos os níveis de experiência - o nosso objetivo é simplesmente capacitar os apostadores a obterem mais conhecimentos.