jun 5, 2019
jun 5, 2019

Previsões para o Campeonato do Mundo de Futebol Feminino utilizando os pontos do ranking da FIFA

Visão geral do torneio

Compreender os pontos do ranking da FIFA

Utilizar os pontos do ranking da FIFA para fazer previsões

Quem são os adversários?

Previsões para o Campeonato do Mundo de Futebol Feminino utilizando os pontos do ranking da FIFA

A época do futebol nacional pode ter terminado, mas há imensa ação a nível internacional nos próximos meses para se entusiasmar, sendo o Campeonato do Mundo de Futebol Feminino de 2019 da FIFA um dos eventos de destaque. Como é que pode utilizar os pontos do ranking da FIFA para fazer previsões no Campeonato do Mundo de Futebol Feminino? Continue a ler para saber a resposta.

Visão geral do torneio

A oitava edição do Campeonato do Mundo de Futebol Feminino da FIFA tem início em França a 7 de junho e culmina na final um mês mais tarde a 7 de julho. Composto por 24 equipas, onde se incluem os EUA (os atuais campeões), o formato consiste em seis grupos de quatro equipas, a partir dos quais as 16 equipas sobreviventes participarão numa competição por eliminatórias.

As equipas posicionadas nos dois primeiros lugares nos seis grupos terão lugar garantido na fase dos 16 avos de final, sendo os restantes quatro lugares preenchidos pelas equipas com os melhores resultados no terceiro lugar.

A expansão gradual da competição de apenas 12 equipas na primeira edição em 1991 para as 16 equipas oito anos mais tarde e, finalmente, para as atuais 24 em 2015 apresentou novos países para a derradeira fase do Campeonato do Mundo de Futebol Feminino.

No entanto, as últimas fases de cada torneio mantêm-se na posse de uma mão cheia de nações. Só dez países diferentes ficaram representados nos últimos quatro lugares desde o início do campeonato em 1991, estando os EUA sempre presentes e tendo a Alemanha faltado em apenas duas ocasiões.

Uma destas duas equipas de destaque do futebol feminino detém cinco dos sete títulos.

O alargamento da rede de nações a competir apresenta invariavelmente alguns países que competem pela primeira vez ou alguns com pouca experiência no panorama internacional.

O Chile, a Jamaica, a Escócia e a África do Sul irão participar pela primeira vez, juntamente com quatro outros países que irão comparecer apenas pela segunda vez. Pelo contrário, dez equipas irão participar, pelo menos, na sua sétima tentativa de levantar o troféu e não trazem consigo apenas experiência.

Compreender os pontos do ranking da FIFA

O ranking médio da FIFA destes grupos menos experientes de oito equipas que irão competir em França é de apenas 1672 comparativamente aos 1941 das dez equipas mais experientes.

A diferença de pontos no ranking da FIFA é uma forma adequada de estimar a diferença de qualidade entre as equipas, em particular no que diz respeito à frequência de jogos jogados, à desigualdade em termos da força do calendário e da quantidade de jogos amigáveis.

É possível utilizar a diferença de pontos no ranking da FIFA no momento em que um jogo foi disputado, juntamente com o resultado concreto do jogo, para estimar uma relação entre os dois.

Podemos analisar a taxa histórica e as possibilidades implícitas tanto das equipas favoritas como das menos favoritas em jogos internacionais não amigáveis em terreno neutro, tais como as finais do Campeonato do Mundo e do Europeu ao longo da última década.

Tais abordagens são úteis quando equipas de conferências diferentes se encontram numa grande final e espelham esta utilização da posição no ranking para estimar tanto as probabilidades para o resultado do jogo e para o total de golos que eu descrevi antes do último Campeonato do Mundo em 2015.

Pontos do ranking vs. Possibilidades implícitas

Diferença nos pontos do ranking Equipa favorita Empate Equipa menos favorita
500 0,91 0,07 0,02
450 0,89 0,08 0,03
400 0,87 0,09 0,04
350 0,85 0,10 0,05
300 0,82 0,12 0,06
250 0,77 0,15 0,07
200 0,72 0,17 0,11
150 0,65 0,19 0,16
100 0,57 0,21 0,22
50 0,48 0,23 0,29
0 0,36 0,28 0,36

Utilizar os pontos do ranking da FIFA para fazer previsões

Historicamente, uma diferença de 500 pontos no ranking da FIFA num local neutro resultará na vitória da equipa com a melhor classificação no ranking nesse jogo em 90% das vezes. A diferença média de 269 pontos entre os relativamente recém-chegados à competição de 2019 e os adversários habituais estabelecidos traduz-se numa taxa de vitória de quase 80%.

Portanto, nas apostas tanto nos jogos dos grupos individuais como no futuro vencedor do torneio, é provável que tenhamos grandes disparidades, em particular quando as equipas recém-chegadas defrontam as famosas equipas estabelecidas.

Por exemplo, quando a Inglaterra defrontar a Escócia no jogo de abertura do grupo D, a diferença de pontos no ranking da FIFA entre as equipas será de 237 pontos a favor da Inglaterra.

“O alargamento da rede de nações a competir apresenta invariavelmente alguns países que competem pela primeira vez ou alguns com pouca experiência no panorama internacional.”

Isso sugere, sem levar em consideração fatores, tais como lesões e experiência em grandes torneios, que a Inglaterra espera ganhar cerca de 76% dessas competições, a Escócia espera ganhar 8%, ficando as restantes empatadas.

Se uma abordagem desse género parecer mostrar valor em apoiar uma equipa menos favorita com uma grande avaliação, uma estratégia alternativa ao mercado de apostas futuras nos jogos poderá ser apostar na equipa menos favorita no Handicap. Neste caso, a equipa menos favorita receberia um avanço de um ou dois golos, embora com probabilidades reduzidas face ao mercado habitual de apostas nos jogos.

Quem são os adversários?

O mercado de apostas futuras é encabeçado pelas quatro equipas melhor classificadas pela FIFA: os EUA, a França, a Inglaterra e a Alemanha.

Esta abordagem também segue as tendências históricas dos campeonatos anteriores, nos quais, desde o início da utilização dos rankings, a equipa com a melhor classificação a participar no torneio venceu três dos quatro anos e todos os finalistas foram retirados daqueles que se classificaram, pelo menos, até ao quarto lugar no ranking da FIFA imediatamente antes do início do campeonato.

As quatro equipas parecem estar bem posicionadas para suportar o calendário do torneio, embora existam ligeiras diferenças entre as principais quatro adversárias.

A Alemanha leva a equipa mais jovem das que estão na dianteira, com uma média de idades entre os 25 e os 26 anos, para além de ser a menos experiente, possuindo em média apenas 34 internacionalizações. A equipa dos EUA tem onze membros da equipa com mais de trinta anos e uma média de idades superior a 28 anos, mas usufrui de uma grande experiência demonstrada pela média de 80 internacionalizações por cada jogadora da equipa.

O formato do torneio, no qual as 16 equipas finais são os vencedores até ao terceiro lugar, não é totalmente simples e, por isso, num artigo de seguimento, iremos utilizar estes sistemas de classificação e uma abordagem de Monte Carlo para simular todo o torneio e ver onde se poderá encontrar valor.

Obtenha as melhores probabilidades para o campeonato do mundo de futebol feminino

A Pinnacle oferece probabilidades imbatíveis para o Campeonato do Mundo de Futebol Feminino

Probabilidades mais recentes

Probabilidades sujeitas a alteração

Recursos de apostas - Capacitar as suas apostas

Os Recursos de apostas da Pinnacle são um dos conjuntos mais abrangentes de conselhos de especialistas sobre apostas que se podem encontrar online. Dar resposta a todos os níveis de experiência - o nosso objetivo é simplesmente capacitar os apostadores a obterem mais conhecimentos.