ago 3, 2021
ago 3, 2021

Apostas futuras na Ligue 1: prévia da temporada 2021/2022 da Ligue 1

Prévia da temporada 2021/2022 da Ligue 1

Temporada 2021/2022 da Ligue 1: onde está o valor?

O Lille conseguirá manter o título?

O Mônaco está pronto para encarar o PSG?

Apostas futuras na Ligue 1: prévia da temporada 2021/2022 da Ligue 1
Onde está o valor nas probabilidades da Pinnacle para apostas futuras na Ligue 1? Este artigo aborda os mercados de apostas futuras e analisa quais clubes poderiam oferecer a vantagem de que você precisa antes do início da nova temporada. Em quais equipes os apostadores devem ficar de olho na temporada 2021/22 da Ligue 1? Continue lendo para descobrir.

Temporada 2021/2022 da Ligue 1: quem são os favoritos?

Equipe

Probabilidades

Classificação na temporada 2020/2021

PSG

1,125*

Lyon

12,00*

Lille

17,00*

Mônaco

17,00*

Marseille

21,00*

Rennes

51,00*

Nice

101,00*

Apostas futuras na temporada 2021/2022 da Ligue 1: o Lille conseguirá manter o título?

O Lille foi o campeão da temporada passada da Ligue 1 e está listado com probabilidades de 17,00* para repetir o feito. A equipe perdeu apenas três partidas no processo, totalizando 83 pontos e superando o PSG por uma margem de apenas um! No papel, a escalação do Lille era certamente pior que o elenco do PSG e do Mônaco, se comparando apenas a times como o Lyon e o Marseille. Sem dúvida, a chave desse sucesso foi uma defesa brilhante e que concedeu apenas 23 gols em toda a temporada. Não por acaso, a expectativa de gols concedidos do Lille era de 25,68, uma conquista incrível e potencialmente difícil de repetir nesta temporada. Basicamente, a defesa da equipe jogou no nível mais alto possível.

O time trará a mesma linha de defesa para o campo. Apesar de completar 38 anos em dezembro, o veterano José Fonte foi uma verdadeira muralha na última temporada. Mas ele será capaz de manter esse nível por mais um ano? Sven Botman e Zeki Celik devem continuar suas trajetórias ascendentes, mas a saída do goleiro Mike Maignan pode se provar problemática. O ex-jogador do PSG foi vendido para o AC Milan por cerca de £ 12 milhões e, até o momento, o Lille segue em busca de um substituto. O Lille embolsou quase £ 20 milhões do Leicester City pelo meio-campista Boubakary Soumare. De fato, o meio-campo parece ser o ponto mais fraco da equipe, dependendo principalmente de Benjamin André e, talvez, Xeka ou o ex-garoto-prodígio do Benfica, Renato Sanches, para controlar a área central.

O artilheiro do Lille na temporada passada foi o turco Burak Yilmaz, que marcou 16 gols em apenas 23 partidas. Este é outro veterano que está envelhecendo, mais uma vez, a questão será se ele conseguirá manter o mesmo desempenho por outra temporada. O talento ofensivo de Jonathan Bamba, Jonathan Ikone e do canadense Jonathan David é inquestionável. O trio deve colecionar gols e assistências também nesta temporada, embora o Lille não tenha descartado a venda de qualquer um desses jogadores por uma oferta convincente. Talvez a maior preocupação para os torcedores do Lille seja a saída do técnico Christophe Galtier, a mente por trás da conquista do título. Ele deixou a equipe para comandar o Nice e, no seu lugar, a equipe terá Jocelyn Gourvennec. O melhor resultado do ex-técnico do Bordeaux à frente e qualquer clube na Ligue 1 foi um mísero sexto lugar e ele não atua como técnico já há dois anos. Será necessário um desempenho realmente especial para que o Lille consiga defender o título e parece mais lógico pensar que a equipe cairá para algum ponto entre o 3º e o 5º lugares.

Os grandes favoritos, o PSG

O PSG viveu um pesadelo em campo na última temporada. A equipe demitiu Thomas Tuchel no final de dezembro, apenas para assistir o antigo técnico conquistar a Liga dos Campeões com o Chelsea! Esse é o troféu europeu mais desejado pelo PSG, mas o time tem um título a reconquistar no mercado interno. Se você acredita que a equipe parisiense está à altura desse desafio, pode fazer suas apostas nos grandes favoritos com probabilidades curtas de 1,174*. Muitas coisas deram errado para o PSG no ano passado, incluindo a disponibilidade de jogadores.

Todos estão ansiosos para ver o que Kylian Mbappe fará no seu último ano de contrato.

Nenhum jogador disputou mais de 29 partidas da liga pelo clube da capital. Kylian Mbappe ficou restrito a apenas 23 partidas e Neymar desfalcou a equipe por mais da metade dos jogos! O PSG é conhecido por variar jogadores, com a Liga dos Campeões sendo sempre uma prioridade, mas é de se esperar que a disponibilidade de grandes nomes aumente nesta temporada. A equipe parece ter aproveitado uma temporada produtiva de contratações. A contratação mais cara foi o marroquino Achraf Hakimi, que assume a lateral direita, comprado da Inter de Milão por quase £ 55 milhões. As contratações gratuitas de Sergio Ramos e Gianluigi Donnarumma provavelmente atraíram mais interesse. Ramos pode contar com alguma idade, mas traz consigo a vasta experiência e mentalidade de vencedor que podem se provar decisivas para o PSG.

Tudo indica que Keylor Navas deverá iniciar a temporada como goleiro titular, mas Donnarumma é uma excelente aquisição, e certamente será a solução a longo prazo para o PSG . Todos estão ansiosos para ver o que Kylian M’bappe fará no seu último ano de contrato. O craque renovará o contrato, será transferido ou simplesmente deixará a equipe quando estiver livre em junho de 2022? Cabe ao técnico Mauricio Pochettino explorar ao máximo o talento dessa formação absolutamente poderosa. O argentino, que nunca conquistou um título da liga como técnico, deve, no mínimo, terminar na liderança da Ligue 1 novamente. É difícil imaginar outro resultado para uma equipe com tamanha profundidade e jogadores de qualidade estelar.

A cavalaria do Mônaco

O Mônaco pode ser o maior adversário do PSG pelo título. A primeira temporada de Niko Kovac à frente da equipe foi marcada por altos e baixos. Foram seis derrotas nos primeiros quinze jogos, seguidas por apenas duas nos últimos vinte e três! A partir das oitavas de final, o Mônaco manteve uma média total de 2,39 pontos por jogo, o que, multiplicado pelos jogos de uma temporada completa, equivaleria a mais de 90 pontos. Um desempenho digno do título do campeonato. Kovac tem mantido as coisas bastante simples no Mônaco com um sistema 4-4-2, um de seus favoritos. Os gols e assistências de Wissam Ben Yedder e Kevin Volland devem impulsionar a equipe para uma das maiores pontuações da Ligue 1. O Mônaco conta com alguns jogadores jovens e muito promissores, como o meia Aurélien Tchouaméni..

O Mônaco pode ser o maior adversário do PSG pelo título.
A equipe pode ter dificuldades em manter o jogador devido às suas ligações com alguns dos maiores clubes da Europa, mas, se conseguirem mantê-lo nesta temporada, certamente terá mais chances de desafiar o PSG pelo título. Youssouf Fofana é o outro nome no meio-campo e mais um jogador que merece atenção, enquanto Benoit Badiashile, de 20 anos, deve progredir ainda mais como zagueiro central nesta temporada. Até o momento, o Mônaco contratou apenas dois novos jogadores: o ala esquerdo Ismail Jakobs, do Köln, e Alexander Nubel, um goleiro emprestado do Bayern de Munique. No gol, provavelmente veremos Jacobs e Benjamin Lecomte competindo para usar as luvas. A 33,95, a expectativa de gols sofridos pelo time na temporada passada foi muito respeitável. Eles concederam 42 gols, apontando para uma falta de sorte que os prejudicou nesse departamento. O Mônaco parece bem equilibrado e pode pressionar o PSG, caso consiga reduzir a quantidade de pontos perdidos ao mínimo. Listada a 13,190*, as probabilidades da equipe para vencer a Ligue 1 são curiosamente mais longas que as do Lille ou Lyon, mas isso não muda o fato que, potencialmente, eles estão melhor equipados para enfrentar o desafio.

Um novo técnico poderia trazer de volta a sorte do Lyon?

Com probabilidades de 11,160, o Lyon é o segundo favorito para vencer a Ligue 1, mas primeiro deverá lidar com a perda de Memphis Depay para o Barcelona. Memphis acumulou 20 gols e 12 assistências na última temporada. Seu recorde geral na Ligue 1 é simplesmente fenomenal, com 63 gols e 45 assistências em 139 partidas. Basicamente, o Lyon perdeu um jogador insubstituível e, até o momento em que este artigo foi escrito, não havia contratado nenhum novo talento para o ataque. A verdade é que boa parte das chances da equipe estarão nas mãos do eventual substituto do goleador holandês.

O Lyon perdeu um jogador insubstituível.

Muito dependerá do jogador contratado como substituto. Pelo menos, o Lyon ainda pode contar com Karl Toko Ekambi e Tino Kadewere, enquanto Moussa Dembele poderia permanecer no time depois de um período de empréstimo no Atlético de Madrid. O clube terminou a temporada passada em quarto lugar, desperdiçando suas chances de se classificar para a Liga dos Campeões ao perder para o Nice em casa na última rodada da temporada. Quando o técnico Rudy Garcia não renovou o contrato, o Lyon contratou o holandês Peter Bosz para assumir o cargo. Esta é uma contratação arriscada porque, apesar da boa reputação, Bosz nunca conquistou qualquer título importante como técnico. Talentos jovens não param de chegar para o Lyon e o grande destaque da equipe parece ser o meio-campo, liderado pelo brasileiro Lucas Paquetá. No entanto, com dúvidas sobre a saída de Houssem Aouar do clube e um treinador com um histórico de falhas, um terceiro lugar pode ser uma expectativa mais realista para a equipe.

A explosão do Marseille

A equipe do Marseille tem motivos reais para se animar pela primeira vez em anos, com a contratação do treinador Jorge Sampaoli no final da última temporada. A aquisição parece muito inteligente e promete vir acompanhada de uma abordagem mais agressiva no ataque, algo que não é visto no Stade Velodrome desde os dias de Marcelo Bielsa. De todas as grandes equipes, foi o Marseille a que mais cortou nomes e sofreu alterações durante a temporada de transferências. Foram muitas perdas, incluindo Florian Thauvin, que fez as malas para jogar pelos mexicanos do Tigres. No entanto, com novas contratações como os £ 20 milhões pagos pelo brasileiro Gerson, do Flamengo, e a adição de Matteo Guendouzi e William Saliba, emprestados do Arsenal, pode ser que um futuro brilhante esteja diante do time.

O Marseille tem motivos reais para se animais pela primeira vez em anos.

A equipe também recebeu reforços para o ataque, com a contratação do ala americano Konrad de la Fuente, do Barcelona. Com Arkadiusz Milik pronto para golear os adversários e a experiência do capitão Dimitri Payet, o clube pode se provar uma ameaça impiedosa, capaz de chegar muito longe. No entanto, sob o comando de Sampaoli existe a sensação de que algumas partidas podem se tornar uma questão de vida ou morte. O Marseille está cotado a 21,30* para levar o título e pode atrair apostadores dispostos a acreditar que as grandes mudanças podem ter impacto imediato sobre a equipe.

Será interessante ver o que Christophe Galtier será capaz de fazer com a camisa do Nice, mas a opinião geral é de que ele estará dando início a uma nova fase e, certamente, enfrentará alguns problemas iniciais. O Rennes sempre será uma ameaça em ligas europeias, mas sua fama de ter grandes nomes sempre à venda nunca será abalada. Eles têm o dom de perder seus melhores talentos nos momentos mais inoportunos. Na parte inferior da tabela, os recém-promovidos Troyes e Clermont são dois dos favoritos a fazer o caminho de volta para a segundona. Apesar disso, os dois times contam com algum ímpeto e, certamente no caso do Troyes, a ambição nunca estará em falta. Seria bom que jogadores como Brest, Angers e Lorient ficassem atentos a uma ameaça genuína de rebaixamento.

Obtenha as melhores probabilidades para a nova temporada da Ligue 1 com a Pinnacle. 

Probabilidades sujeitas a alteração

Recursos de apostas - Capacitar as suas apostas

Os Recursos de apostas da Pinnacle são um dos conjuntos mais abrangentes de conselhos de especialistas sobre apostas que se podem encontrar online. Dar resposta a todos os níveis de experiência - o nosso objetivo é simplesmente capacitar os apostadores a obterem mais conhecimentos.