close
out 31, 2014
out 31, 2014

Como calcular probabilidades ao vivo para as apostas de futebol

Como calcular probabilidades ao vivo para as apostas de futebol
Já se perguntou como é que se calculam as probabilidades ao vivo para as apostas de futebol? É possível utilizar o cálculo de Poisson para determinar se o mercado reflete bem os acontecimentos no terreno de jogo. Saber mais.

As hipóteses de uma equipa obter um determinado resultado mudam assim que o jogo começa. Quanto mais tempo o marcador permanece a zero, maior a probabilidade do jogo terminar empatado. Há vários incidentes de jogo que podem alterar as probabilidades ao vivo, tais como, cartões amarelos e vermelhos. Porém, são os golos que provocam as alterações mais drásticas para os apostadores ao vivo.

Da perspetiva das apostas, o conhecimento das atuais probabilidades do jogo é essencial para quem aposta ao vivo e, ao calcularem-nas, os apostadores conseguem identificar se as probabilidades ao vivo estão corretas. Neste sentido, a abordagem de Poisson fornece um quadro básico. Todos os jogos podem ser avaliados em termos da média de golos que cada equipa irá marcar num determinado estádio.

Calcular probabilidades ao vivo para apostas de futebol

Como exemplo, vamos usar o jogo West Ham vs. Man City da 9ª jornada da época 2013/14 da Premier League. Apesar de jogar em casa, o West Ham tinha menos probabilidades de vencer o jogo do que o Manchester City (campeão em título), devido ao historial de ambas as equipas.

As probabilidades apontavam para 0,85 golos do West Ham face a 1,90 golos do Manchester City. Na abordagem de Poisson, o City ganharia cerca de 62% dos jogos, o West Ham 15% e 23% dos encontros terminariam num empate. Estas probabilidades estavam de acordo com as probabilidades disponíveis antes do início do jogo.

Os apostadores devem estar cientes de que a marcação de golos tende a acelerar à medida que o tempo passa.

Os apostadores devem estar cientes de que a marcação de golos tende a acelerar à medida que o tempo passa, porque os jogadores estão mais cansados e os treinadores assumem mais riscos para irem à procura do golo. Assim, 45% dos golos são marcados na primeira parte, enquanto 55% são marcados após o intervalo.

A seguinte equação derivada dos dados dos resultados reais da Premier League pode ser usada para calcular a possibilidade de uma equipa marcar um golo numa determinada altura do jogo.

Expectativa de golo restante = expectativa inicial * proporção de tempo restante ^ 0,85

Por exemplo, se uma equipa tinha uma expectativa inicial de um golo para o jogo inteiro, quando o jogo está no intervalo, a expectativa de golo restante é:

1*(0,5^0,85) = 0,55

Por conseguinte, segundo os dados observados, 55% das equipas têm mais probabilidades de fazerem o seu primeiro golo na segunda parte do jogo. Naturalmente, podemos utilizar esta equação para calcular a expectativa de golo restante a qualquer altura durante o jogo, o que é bastante útil para os apostadores nos jogos de futebol ao vivo.

Antes do West Ham inaugurar o marcador aos 21 minutos – faltava disputar 78% do encontro que ainda estava empatado – as expectativas de golo para cada uma das equipas tinham caído de 0,85 e 1,9 no início do jogo para 0,69 e 1,54 golos respetivamente.

Se introduzirmos estes dois números revistos para o West Ham e o Manchester City num cálculo de Poisson, podemos gerar resultados e as respetivas probabilidades que irão conduzir a uma vitória da equipa visitada, vitória da equipa visitante ou empate.

Impacto de um golo nas apostas ao vivo no futebol

Após 21 minutos de jogo sem golos, as probabilidades de um empate tinham passado de 0,23 para 0,26, as hipóteses do City ganhar tinham descido de 0,62 para 0,58 e as possibilidades do West Ham vencer tinham permanecido praticamente as mesmas, ou seja, 0,16.

Depois, estes números mudaram drasticamente quando Morgan Amalfitano inaugurou o marcador para o West Ham. Se ignorarmos o efeito da nova situação do jogo nesta visão geral inicial, as probabilidades de cada resultado individual ocorrerem no resto do jogo irão permanecer conforme foram calculadas anteriormente.

Contudo, se o West Ham apenas "empatar" no resto dos mais de 70 minutos que faltam jogar, o West Ham irá ganhar o jogo, porque já tem uma vantagem de um golo.

Com 1-0 no marcador após 21 minutos, um cálculo de Poisson – usando as expectativas (em deterioração) de golo inicial para cada equipa – deu à equipa da casa 42% de hipóteses de vencer o jogo, quando imediatamente antes do golo inaugural tinha apenas 16% de hipóteses. Tal demonstra o impacto que um golo tem nos resultados de um jogo.

Em geral, 45% dos golos são marcados antes do intervalo face a 55% após o intervalo

Esta probabilidade de vitória é composta por 16% de hipóteses do West Ham "ganhar" os restantes 74 minutos do jogo – dilatar a sua vantagem – e por 26% de hipóteses de "empatar" – manter a vantagem atual.

Por conseguinte, cada cenário ao vivo depende das capacidades iniciais de cada equipa, do tempo restante e do resultado atual, bem como de outros fatores, como os cartões vermelhos.

Tal como o City que se viu a perder por 2-0, uma equipa que está em desvantagem no marcador por dois golos tem de "ganhar" o que falta jogar por exatamente dois golos para arrecadar um ponto ou por uma margem mínima de 3 golos para reclamar os três pontos em disputa. É possível usar um cálculo de Poisson – considerando a deterioração das expectativas de golo – para quantificar a probabilidade disso acontecer.

Apesar de David Silva ter reduzido a desvantagem aos 77 minutos, faltava tão pouco tempo para o fim, que o West Ham ainda tinha 70% de hipóteses de ganhar o jogo imediatamente após o golo do City.

Apesar do facto de a vitória estar tão perto poder ter aumentado a tensão junto dos adeptos do West Ham, face ao que sentiam um hora antes quando a equipa tinha inaugurado o marcador e detinha a mesma vantagem no marcador.

Uma abordagem de Poisson a uma equipa específica no âmbito das probabilidades ao vivo constitui uma melhoria face à utilização de resultados genéricos.

Por exemplo, em média, uma equipa visitada ganha 70% dos jogos se inaugurar o marcador após o 21º minuto de jogo. Uma pura abordagem de Poisson deu ao West Ham apenas 42% de hipóteses de vencer o jogo nesse momento, refletindo o favoritismo de ambas equipas.

Os dados das apostas do dia do jogo deram ao West Ham cerca de 35% de hipóteses de vencer logo após o primeiro golo. Talvez indicando que as pessoas esperam que as equipas em desvantagem tenham tendência para marcar mais golos e talvez também contabilizando o cartão amarelo prematuro do West Ham que poderia comprometer a equipa mais tarde no jogo.

poisson-graph.jpg

O gráfico acima compara o cálculo de Poisson para todos os resultados de um jogo e a probabilidade implícita de uma vitória do West Ham enquanto reflexo das probabilidades ao vivo da Pinnacle.

Esta análise realça que os apostadores podem usar uma abordagem de Poisson para calcular as probabilidades de jogo ao vivo durante um jogo de futebol e, como tal, podem julgar por eles próprios se o mercado reflete bem os eventos no terreno de jogo, sobretudo quando é marcado um golo, com vista a identificarem oportunidades lucrativas.

Clique aqui para ter acesso às mais recentes probabilidades da Premier League inglesa.

Recursos de apostas - Capacitar as suas apostas

Os Recursos de apostas da Pinnacle são um dos conjuntos mais abrangentes de conselhos de especialistas sobre apostas que se podem encontrar online. Dar resposta a todos os níveis de experiência - o nosso objetivo é simplesmente capacitar os apostadores a obterem mais conhecimentos.