dez 14, 2021
dez 14, 2021

Prévia do jogo de volta das finais da Copa do Brasil

Como foi o jogo de ida

Atletas que podem se destacar

Possíveis mudanças táticas

Prognóstico

Prévia do jogo de volta das finais da Copa do Brasil

A temporada 2021 do futebol brasileiro chega ao fim nesta semana, com a partida de volta das finais da Copa do Brasil. Domingo passado, em Belo Horizonte, o Atlético-MG construiu uma diferença de gols que o Athletico-PR buscará ao menos atenuar na quarta-feira, em Curitiba.

O 4 x 0 sofrido pelo Furacão no jogo de ida é um resultado difícil de reverter por si só, mas ainda mais quando lembramos que o Galo teve a defesa menos vazada da última edição do Campeonato Brasileiro: foram 34 gols sofridos em 38 jogos (um média de 0,89 por jogo).

Como foi o jogo de ida

Pode-se dizer que a partida realizada no Mineirão seguiu o roteiro previsto, com o Atlético-MG apresentando a intensidade que lhe caracteriza quando joga em casa e exercendo pressão alta desde o início, enquanto o Athletico-PR buscava alguma oportunidade de contra-ataque.

Os mineiros do paranaense Cuca foram escalados em um 4-3-3 (ou 4-4-2), com a entrada de Igor Rabello na zaga como substituto de Nathan Silva (que não pode atuar pelo Galo nesta edição da Copa do Brasil por já ter defendido o Atlético-GO no início da competição).

Já os paranaenses do mineiro Alberto Valentim entraram em campo com o seu habitual 3-4-3 (ou 3-6-1), e todos os seus jogadores hoje considerados titulares estiverem entre os onze iniciais — inclusive o centroavante Renato Kayzer, que vinha sendo ausência por lesão.

Atletas que podem se destacar

Antes mesmo da primeira partida das finais desta Copa do Brasil, Hulk, do Atlético, e Nikão, do Athletico, eram os dois candidatos à conquista da Bola de Ouro do torneio. Mas isto não significa, evidentemente, que outros atletas não possam se destacar tanto quanto esses dois.

Do lado do Galo, Keno é de fato o nome mais em evidência, mas também cabe falar de Matías Zaracho: o versátil meia argentino vem tendo atuações tão convincentes que poucos parecem questionar o fato de seu conterrâneo Nacho Fernández ter perdido o status de titular no time.

Do lado do Furacão, é sabido que as opções não são tantas. Ainda assim, o meia-atacante uruguaio David Terans já mereceria menção honrosa pelo simples fato de ser o único jogador do meio para a frente além de Nikão que pode ser considerado um titular absoluto.

Possíveis mudanças táticas

Ambos os times se caracterizam por suas sistemáticas abordagens defensivas; assim, foi uma surpresa que o duelo de Minas Gerais tenha sido de tantos gols. Até por isso, talvez no Paraná tenhamos um jogo menos movimentado — apesar da necessidade de vitória dos mandantes.

A fim de realizar a ingrata missão de marcar gols em um Atlético-MG que provavelmente apresentará uma postura mais reativa, é possível que vejamos um dos meio-campistas do Furacão, Léo Cittadini, se aproximar dos três homens de frente com uma frequência maior.

Do lado do Galo, a fim de melhor explorar os espaços que provavelmente serão deixados pelo Athletico-PR, é bem possível que vejamos Cuca recorrer novamente à velocidade e capacidade de finalização de jogadas do chileno Eduardo Vargas (autor de dois gols no jogo de ida).

Prognóstico

CA Paranaense

Empate

Atlético-MG

29,05%

28,87%

42,08%

Não é preciso muito esforço para imaginar um Athletico-PR mais ofensivo do que foi em Belo Horizonte. Assim, as chances de que desta vez os dois times marquem nos parecem significativas.

Faça suas apostas: probabilidades para CA Paranaense x Atlético-MG

Probabilidades sujeitas a alteração

Recursos de apostas - Capacitar as suas apostas

Os Recursos de apostas da Pinnacle são um dos conjuntos mais abrangentes de conselhos de especialistas sobre apostas que se podem encontrar online. Dar resposta a todos os níveis de experiência - o nosso objetivo é simplesmente capacitar os apostadores a obterem mais conhecimentos.