nov 26, 2019
nov 26, 2019

Prévia do Campeonato Mundial de Clubes de 2019

Fazendo previsões para o Campeonato Mundial de Clubes de 2019

Quem vencerá o Campeonato Mundial de Clubes?

Estatísticas principais do Campeonato Mundial de Clubes

Prévia do Campeonato Mundial de Clubes de 2019

Os olhos dos fanáticos por futebol estarão voltados para o Catar na metade de dezembro, quando sete equipes do mundo todo estarão se enfrentando pelo título de melhor equipe do mundo no Campeonato Mundial de Clubes da FIFA deste ano. Mas quem são os favoritos? O que os apostadores devem levar em conta ao fazerem suas previsões e o que pode acontecer no torneio? Continue lendo para descobrir.

Equipes do Campeonato Mundial de Clubes de 2019

Equipe

Representando

Rodada de entrada

Liverpool

Europa (UEFA)

Semifinais

Flamengo

América do Sul (CONMEBOL)

Semifinais

Esperance de Tunis

África (CAF)

Segunda rodada

Al-Hilal

Ásia (AFC)

Segunda rodada

Monterrey

América do Norte (CONCACAF)

Segunda rodada

Hienghene Sport

Oceania (OFC)

Primeira rodada

Al-Sadd

Catar (país sede)

Primeira rodada

Como funciona o Campeonato Mundial de Clubes?

O Campeonato Mundial de Clubes é um torneio anual de futebol que ocorre todo o mês de dezembro e recebe sete equipes: os seis campeões atuais dos maiores campeonatos de seus continentes e o campeão da liga nacional do país sede.

A competição tem quatro rodadas. As equipes do país sede e da Oceania realizam a primeira rodada. O vencedor avança para a segunda rodada. A segunda rodada apresenta o vencedor da primeira rodada e os representantes da África, Ásia e América do Norte. Os vencedores avançam para as semifinais.

As semifinais apresentam os vencedores da segunda rodada e as equipes da Europa e da América do Sul. Os vencedores das semifinais se enfrentam na final e os perdedores competem pelo terceiro lugar.

Agenda:
11 de dezembro: Al-Sadd x Hienghene Sport (Primeira rodada)
14 de dezembro: Monterrey x Vencedor da primeira rodada (Segunda rodada)
14 de dezembro: Al-Hilal x Esperance de Tunis (Segunda rodada)
17 de dezembro: Flamengo x vencedor da segunda rodada (Semifinais)
18 de dezembro: Liverpool x Vencedor da segunda rodada (Semifinais)
21 de dezembro: Decisão do terceiro lugar
21 de dezembro: Final

Quem vencerá o Campeonato Mundial de Clubes?

Ano

Campeão

Resultado

Vice-campeão

2009

Barcelona

2-1 (prorrogação)

Estudiantes

2010

Inter de Milão

3-0

TP Mazembe

2011

Barcelona

40

Santos

2012

Corinthians

1-0

Chelsea

2013

Bayern de Munique

2-0

Raja Casablanca

2014

Real Madrid

2-0

San Lorenzo

2015

Barcelona

3-0

River Plate

2016

Real Madrid

4-2 (prorrogação)

Kashima Antlers

2017

Real Madrid

1-0

Grêmio

2018

Real Madrid

41

Al-Ain

As equipes da Europa vêm dominando o Campeonato Mundial de Clubes na última década, vencendo em nove dos últimos dez anos. O Liverpool, portanto, quer obviamente vencer a competição pela primeira vez na história do clube. O técnico Jurgen Klopp espera levar a maioria de seu time titular para o Catar, apesar do fato de que o Liverpool também jogará as quartas de final da Copa da Liga Inglesa contra o Aston Villa, menos de 24 horas antes de sua partida nas semifinais, em 18 de dezembro.

Acredita-se que as estrelas de sempre da equipe, como Virgil van Dijk, Mohamed Salah e Sadio Mane, estarão concorrendo pela Bola de Ouro, prêmio dado ao melhor jogador do torneio.

O feito heroico de Gabriel Barbosa no último minuto da final da Copa Libertadores mostrou que o Flamengo tem a chance de se tornar a primeira equipe da CONMEBOL a vencer o Campeonato Mundial de Clubes desde o Corinthians, em 2012. Treinado por Jorge Jesus, que já foi técnico do Benfica e do Sporting Lisboa, a estreia do rubro-negro no torneio oferece à equipe a oportunidade de conquistar seu quarto troféu em 2019, depois de ter erguido as taças da Série A do Campeonato Brasileiro e do Campeonato Carioca deste ano.

Vencedor da Liga dos Campeões da CAF nos últimos dois anos e campeão da Liga da Tunísia por três anos, o Esperance de Tunis pode começar o campeonato com um time composto, em grande parte, por jogadores de várias partes do mundo. Eles esperam chegar às semifinais pela primeira vez, depois de terem sido derrotados na primeira rodada em 2011 e em 2018. O centroavante da equipe da Tunísia, Taha Yassine Khenissi, é o jogador a ser observado, com 27 anos e artilheiro das últimas quatro temporadas.

O Monterrey está aparecendo pela quarta vez no Campeonato Mundial de Clubes, igualando o recordista da CONCACAF. Seu estilo de jogo mais físico e compassado teve sua melhor exibição no placar agregado de 10 a 2 contra o Sporting Kansas City pelas semifinais da Liga dos Campeões da CONCACAF este ano, onde sua dupla de centroavantes, Rogelio Funes Mori e Dorlan Pabon estavam no melhor de sua forma. O atacante Vincent Janssen, ex-jogador do Tottenham e do AZ, também redescobriu seu talento de fazer gols desde que começou a atuar pelo clube mexicano em julho, com 7 gols em 15 jogos até novembro.

Como o Campeonato Mundial de Clubes pode unir equipes de habilidades muito variadas, partidas com muitos gols são bastante comuns.

O Al-Hilal faz sua primeira aparição no Campeonato Mundial de Clubes e é o primeiro representante da Arábia Saudita na competição desde 2005. O principal jogador do ataque é Bafetimbi Gomis, artilheiro da Liga dos Campeões da AFC deste ano com incríveis onze gols. Sua defesa segura também não deve ser ignorada. Sua caminhada em direção ao troféu teve grande participação da defesa, com quatro jogos sem sofrer gols nas seis partidas finais do campeonato.

O Hienghene Sport é a primeira equipe da Nova Caledônia a competir no Campeonato Mundial de Clubes. Seu triunfo na Liga dos Campeões da OFC desafiou todas as expectativas, tendo como base exibições que demonstraram grande disciplina defensiva, tendo sofrido apenas dois gols em todo o campeonato. O representante da Oceania não passa da primeira rodada desde 2014. Uma vitória contra o Al-Sadd na partida de abertura será considerada um feito significativo.

Vencedor do Campeonato Mundial de Clubes em duas oportunidades, Xavi conduziu o Al-Sadd ao título da Liga de Estrelas do Catar em abril antes de se tornar o técnico da equipe no mês seguinte. Embora o time tenha vários jogadores do Catar que atuam em várias partes do mundo e que venceram a Copa da Ásia deste ano, o jogador principal da equipe é da Argélia, o centroavante Baghdad Bounedjah, que fez um impressionante total de 48 gols contando todas as competições da última temporada.

A partida de abertura do torneio contra o Hienghene Sport acontece no estádio do Al-Sadd, o Jassim bin Hamad, e eles esperam que o fator local os ajude a ter um bom torneio.

O que os apostadores devem levar em conta?

Ano

Total de gols

Gols por partida

2009

25

3,13

2010

27

3,38

2011

24

3,00

2012

21

2,63

2013

28

3,50

2014

20

2,50

2015

21

2,63

2016

28

3,50

2017

18

2,25

2018

33

4,13

Como o Campeonato Mundial de Clubes pode unir equipes de habilidades muito variadas, partidas com muitos gols são bastante comuns. Nove dos últimos dez torneios tiveram uma média igual ou superior a 2,5 gols por partida, três deles chegando a uma média superior a 3,5 por partida.

O torneio do ano passado estabeleceu um novo recorde de gols por partida, chegando a 4,13. A final, a disputa do terceiro lugar e as duas semifinais tiveram, pelo menos, quatro gols.

O mercado em que ambos os times marcarão gols também chamará muita atenção dos apostadores no Campeonato Mundial de Clubes. As duas equipes fizeram gols em 14 das 24 partidas dos últimos três torneios, e em seis de oito partidas do ano passado. É importante observar que a exceção aqui é a final. Em sete das dez últimas finais, os vencedores não sofreram gols.

Apostar que uma equipe vencerá sem sofrer gols na final pode ser visto como uma maneira útil dos apostadores aumentarem suas probabilidades, mas os apostadores devem ter cuidado ao simplesmente seguir essa tendência. Como sempre, é melhor analisar cada partida individualmente antes de simplesmente seguir padrões históricos.

Os representantes do país sede vêm tendo um bom desempenho no Campeonato Mundial de Clubes nos últimos anos. Eles avançaram, pelo menos, até as semifinais de cada um dos últimos quatro torneios. O Kashima Antlers chegou, incrivelmente, a levar o Real Madrid para a prorrogação na final de 2016. Assim, caso o Al-Sadd vença a partida de abertura contra o Hienghene Sport, será que valeria a pena considerá-los fortes candidatos a vencerem a partida da segunda rodada contra o Monterrey?

Recursos de apostas - Capacitar as suas apostas

Os Recursos de apostas da Pinnacle são um dos conjuntos mais abrangentes de conselhos de especialistas sobre apostas que se podem encontrar online. Dar resposta a todos os níveis de experiência - o nosso objetivo é simplesmente capacitar os apostadores a obterem mais conhecimentos.