mar 1, 2022
mar 1, 2022

Prévia da Copa Sul-Americana 2022

O formato de disputa

Destaques da primeira fase

Destaques entre os argentinos

Destaques entre os brasileiros

Prévia da Copa Sul-Americana 2022
Embase as suas previsões na prévia da Copa Sul-Americana com a ajuda da Pinnacle, incluindo análises e as últimas notícias das equipes.

A 21.ª edição da Copa Sul-Americana — o segundo torneio em importância entre clubes da Conmebol — começa na segunda semana deste mês, com os jogos de ida da primeira fase, e termina no dia 1.º de outubro, com a grande final a ser realizada no estádio Mané Garrincha (em Brasília).

O formato de disputa

Pelo segundo ano consecutivo, a Sul-Americana contará com uma fase de grupos (entre 5 de abril e 26 de maio). No momento, das 32 equipes que participarão desta fase, conhecemos apenas 12 — seis da Argentina e seis do Brasil.

Mais 16 participantes serão conhecidos a partir de confrontos diretos envolvendo representantes de cada um dos outros oito países membros da Conmebol. Quanto às quatro vagas restantes, estas serão concedidas aos que forem eliminados na terceira fase da Copa Libertadores deste ano.

Convém lembrar também que, quando a competição chegar às oitavas de final (em junho), aos oito campeões de cada grupo se juntarão os terceiros colocados de seus respectivos grupos na Libertadores. Apenas então conheceremos todos os participantes da Copa Sul-Americana 2022.

Favoritos na primeira fase

A primeira fase do torneio reúne clubes que, por seus níveis de investimento, a princípio não estão entre os favoritos ao título. Mesmo assim, é possível desde já apontar pelo menos alguns que têm potencial de ir longe.

É o caso da LDU de Quito. Os equatorianos treinados por Pablo Marini chegaram às quartas de final da Sul-Americana 2021, e, embora desde então tenham perdido jogadores como Pedro Perlaza e Luis Amarilla, ainda contam com o talento de Lucas Piovi no meio-campo.

Outro clube em destaque nesta fase é o Junior de Barranquilla. Os colombianos, agora comandados por Juan Cruz Real, não só mantiveram atletas como o ponta Fredy Hinestroza, mas também repatriaram o meia Yesus Cabrera (ex-Cuiabá) e o atacante Miguel Borja (ex-Palmeiras).

Favoritos entre os argentinos

Dentre os argentinos, vale mencionar o Defensa y Justicia. Treinado por Sebastián Beccacece, o Halcón de Varela trouxe para esta temporada atletas como os atacantes Lucas Albertengo (ex-Arsenal de Sarandí) e Agustín Fontana (emprestado pelo River Plate).

Ainda maiores são as expectativas em torno do tradicional Racing, cujo técnico é Fernando Gago. Além do meio-campista Matías Rojas, a Academia tem agora um ataque formado por Javier Correa e os recém-contratados Edwin Cardona (ex-Tijuana) e Gabriel Hauche (ex-Aldosivi).

Favoritos entre os brasileiros

Dentre os brasileiros, o São Paulo de Rogério Ceni é o mais forte candidato ao título. O Tricolor do Morumbi manteve jogadores como o volante Luan e o meia Gabriel Sara, e reforços como o goleiro Jandrei (ex-Santos) e o meia-atacante Alisson (ex-Grêmio) vêm agradando.

O Ceará, comandado por Tiago Nunes, pode surpreender. Além da manutenção dos zagueiros Messias e Luiz Otávio e do meia/atacante Vina, o Vozão se fortaleceu com as vindas do volante Richard (ex-Athletico-PR) e do atacante Zé Roberto (ex-Atlético-GO).

Consideração final

Como dito, ainda não sabemos os nomes de todas as equipes que disputarão esta edição da Copa Sul-Americana. De qualquer forma, os seis clubes mencionados nos parágrafos anteriores são sérios candidatos a conseguir a classificação para as oitavas de final.

Recursos de apostas - Capacitar as suas apostas

Os Recursos de apostas da Pinnacle são um dos conjuntos mais abrangentes de conselhos de especialistas sobre apostas que se podem encontrar online. Dar resposta a todos os níveis de experiência - o nosso objetivo é simplesmente capacitar os apostadores a obterem mais conhecimentos.