set 20, 2016
set 20, 2016

O papel da inconsistência na Ryder Cup

O papel da inconsistência na Ryder Cup
Sendo a consistência a qualidade número um quando se avalia o valor de um jogador, a Ryder Cup e o seu formato viram do avesso tudo aquilo que sabia sobre previsão de vencedores. Continue a ler para saber por que motivo os golfistas excêntricos têm maior probabilidade de ter sucesso na Ryder Cup que os golfistas com um registo consistente.

A primeira coisa a considerar ao apostar no vencedor de um torneio de golfe é o formato da competição. Os dois principais formatos de golfe são "stroke play" e "match play", e é vital compreender as diferenças entre os dois antes de decidir onde colocar o seu dinheiro.

Em "stroke play", os golfistas acumulam pancadas e o jogador com o menor número de pancadas ganha. Isto significa que uma má prestação num buraco, tal como sete num par quatro, pode efetivamente destruir as hipóteses de um jogador ganhar.

Em "match play", por outro lado, cada buraco é jogado separadamente. O jogador com o menor número de pancadas num buraco ganha o buraco em questão e o número de buracos ganhos durante a partida determina o vencedor global. Portanto, uma má prestação num buraco é menos importante. Se um jogador marcar em três pancadas, é irrelevante se o outro conseguiu quatro pancadas ou 24.

O formato da Ryder Cup

Embora a maioria das competições de golfe sejam realizadas como "stroke play" em 72 buracos, a Ryder Cup entre a Europa e os EUA envolvem 28 competições em "match play" em 18 buracos entre os jogadores selecionados das duas equipas de doze. 

Embora um jogador imprevisível seja pior contra um adversário consistente num confronto de singulares, em partidas "fourball" (duas bolas em jogo por cada par, escolhendo-se a melhor), os jogadores imprevisíveis são os favoritos claros em relação a uma equipa com um histórico consistente.

Uma característica particular da Ryder Cup é que, durante os primeiros dois dias, há quatro partidas "fourball", nas quais dois golfistas de cada equipa competem diretamente um contra o outro. Cada golfista joga a sua própria bola durante a partida, estando quatro bolas em jogo em todos os momentos. O vencedor é determinado ao comparar os membros da equipa com menor pontuação.

É exatamente por causa desta característica que as apostas na Ryder Cup exigem uma abordagem diferente. Enquanto um desempenho inconsistente é uma desvantagem terrível nas competições em "stroke play", nesta forma de golfe, as estatísticas mostram que quanto mais inconsistentes forem os jogadores, mais probabilidades têm de ganhar o torneio. 

O efeito da consistência no golfe

No seu livro "Taking Chances", John Haigh investiga que vantagem um desempenho inconsistente pode trazer para uma equipa. Para medir o seu modelo, ele assume que, em qualquer buraco, um jogador marca um eagle, birdie, par ou bogey, e apresenta dois jogadores. O jogador A é altamente consistente nos seus resultados enquanto o jogador B é mais imprevisível. A tabela abaixo mostra o seu desempenho respetivo para cada tipo de resultado.

 

Eagle

Birdie

Par

Bogey

Jogador A (consistente)

5%

10%

80%

5%

Jogador B

(imprevisível)

10%

20%

40%

30%

Com base nos dados acima, podemos avaliar o que acontecerá numa partida de singulares entre eles, ao examinar cada combinação de resultados. A matemática sugere que, em 36% das vezes, os dois jogadores obtêm o mesmo resultado, o jogador consistente (A) ganha cerca de 35,5% dos buracos e o jogador imprevisível (B) ganha cerca de 28,5% dos buracos, o que dá ao jogador consistente (A) uma vantagem pequena, mas consistente, sobre o jogador imprevisível.

Por que motivo as partidas "fourball" favorecem os golfistas excêntricos

Contudo, de que forma é que as coisas mudam, quando dois jogadores consistentes são emparelhados com dois jogadores imprevisíveis? A distribuição do melhor resultado em qualquer buraco para cada equipa é calculada na tabela abaixo:

 

Eagle

Birdie

Par

Bogey

2 jogadores consistentes (A)

9,75%

18%

72%

0,25%

2 jogadores imprevisíveis

19%

32%

40%

9%

Torna-se imediatamente evidente a diminuição drástica no número de bogeys para os jogadores imprevisíveis de 30% para apenas 9% e o desempenho de acima de 50% no par.

Os cálculos mostram que uma equipa imprevisível ganha 41% dos buracos, 36% serão partilhados enquanto a equipa consistente vence apenas 23% dos buracos.

Embora um jogador imprevisível seja marginalmente pior quando joga contra um adversário consistente num confronto de singulares, no que toca a trabalho em equipa, os jogadores imprevisíveis são os favoritos claros em relação a uma equipa com um histórico consistente.

Com duas derrotas nas últimas três edições realizadas em solo americano, será a equipa dos EUA suficientemente imprevisível para interromper o seu declínio no Hazeltime National Golf Club no Minnesota, no próximo mês de setembro?

 Obtenha as melhores probabilidades  na Pinnacle, a derradeira casa de apostas com os limites mais altos e as margens mais baixas.

 

Recursos de apostas - Capacitar as suas apostas

Os Recursos de apostas da Pinnacle são um dos conjuntos mais abrangentes de conselhos de especialistas sobre apostas que se podem encontrar online. Dar resposta a todos os níveis de experiência - o nosso objetivo é simplesmente capacitar os apostadores a obterem mais conhecimentos.