abr 1, 2022
abr 1, 2022

Prévia do Masters de Golfe 2022

Prévia do Masters de Golfe

Quem será o campeão do Masters de Golfe de 2022?

Previsões para o Masters de Golfe 2022: onde está o valor?

Aproveite os insights especializados de Sophie Walker

Prévia do Masters de Golfe 2022

A preparação para o 86º Masters foi dominada por Tiger Woods. O pentacampeão está pronto para fazer seu retorno ao golfe depois de sofrer um acidente de carro no ano passado, mas a verdade é que o fato dele jogar, ou não, não deve afetar em quem você está apostando para vencer. Seria uma decisão imprudente apostar nele para vencer, e quem diz isso é um fã obstinado de Woods! Mas, em quem estou apostando para levar o título? Continue lendo para se informar e fazer suas previsões.

Datas: de 7 a 10 de abril de 2022

Local: Augusta National Golf Club (Georgia, EUA)

Campeão em título: Hideki Matsuyama

Aposte: probabilidades para o Masters 2022

Masters 2022: histórico e escalação

O Masters é o primeiro dos quatro Majors do golfe profissional masculino do ano. O evento é um dos mais exclusivos do golfe, conta com um campo com metade do tamanho do Open Championship, é jogado no mesmo local todos os anos e faz com que os melhores golfistas se sintam como uma criança visitando o Disney World pela primeira vez.

O curso em si é a verdadeira estrela. Projetado por Bobby Jones e Alister MacKenzie, ele está no topo da lista de desejos de todos os golfistas. Visitei o curso apenas como patrono (é proibido usar a palavra fã) e me lembro da primeira vez, em 2018, como se fosse ontem — fui direto para o back nine e o Amen corner, sem me importar com quem estava jogando; tudo o que eu queria era ver o campo e como era perfeito.

O Masters é mágico e estou aqui para falar sobre qual jogo melhor se adequa a esse evento. E o fato dele ser disputado no Augusta National desde 1934 significa que temos uma coleção abrangente de dados para nos ajudar a decidir quem vai jogar bem.

A experiência é fundamental no Masters

O Masters começou em 1934 e o único novato a vencer após 1935 foi Frank Urban “Fuzzy” Zoellar Jr., campeão em 1979. Com isso, sabemos que a experiência é fundamental em Augusta, o único Major a retornar ao mesmo local ano após ano. Este é um lugar tão especial que até profissionais de turismo ficam nervosos, e pode levar alguns anos para que os golfistas se sintam à vontade no campo.

Uma compreensão de como jogar cada buraco e acessar locais de buracos difíceis é a chave para o sucesso no Masters. No entanto, 2022 traz uma mudança significativa na configuração do campo, com os buracos 11 e 15 alongados, dando ao campo um recorde de 6867 metros de comprimento. O terceiro, 13º e 17º greens também foram renovados. Mas, apesar dessas mudanças, ainda acredito que um novato dificilmente conseguiria vencer.

A história sugere que os jogadores apresentam seu melhor desempenho entre o sexto e o 12º ano no torneio, uma estatística apoiada pelos dois últimos vencedores – Dustin Johnson jogou nove Masters e Hideki Matsuyama 10 quando venceram.

Um mau presságio para os jogadores que querem se sair bem em Augusta é vencer o Par 3 Contest realizado na quarta-feira da semana do Masters, já que um terço dos vencedores deste evento perdeu o corte no Masters. Todos os jogadores conhecem essa estatística e muitos deles são muito supersticiosos – ou não jogam no Par 3 ou estragam o seu scorecard no último buraco para não levar a vitória e o azar que vem com ela.

Masters 2022: o campo e os ex-campeões

Com apenas 90 jogadores confirmados, este é o menor campo para um Major do golfe mundial. O campo inclui seis amadores e muitos campeões anteriores com vagas vitalícias – e é por isso que veteranos como Sandy Lyle (64 anos) e Larry Mize (63 anos) participarão do torneio.

No entanto, nunca houve um vencedor amador, com o melhor resultado dos últimos tempos sendo conquistado por Ryan Moore, que terminou no T13 em 2005. E o vencedor do Masters mais velho de todos os tempos foi Jack Nicklaus, aos 46 anos de idade. Serão 11 jogadores em campo acima de 46 anos em 2022 – um deles é Tiger Woods (51,600*) – mas não prevejo que nenhum deles seja capaz de quebrar o recorde de Jack este ano.

Todos os 40 melhores jogadores do mundo estarão na Geórgia. Desde o início do ranking mundial, em 1986, houve apenas dois campeões de Masters classificados fora do top 40 do mundo – Angel Cabrera e Zach Johnson – o que me leva a dizer que Tiger Woods, Bubba Watson e Sergio Garcia estariam de fora mesmo com toda a experiência anterior de ganhar neste curso. Na verdade, se você estiver procurando por um vencedor, já pode desconsiderar com confiança mais da metade do campo (51 golfistas).

Agora que discutimos quem você não deve apoiar, vamos dar uma olhada nas estatísticas para ver quem são os candidatos ao trono.

Qual é o tipo de golfista ideal para o Augusta National?

O Augusta National é generoso fora do tee e a prioridade de qualquer golfista deve ser a qualidade nas tacadas de aproximação ao green. A bola precisa encontrar a parte de correção do green e usar as encostas para se aproximar do buraco. Todos os buracos par-5 podem ser feitos em duas tacadas, em vez das três tacadas do regulamento.

O Augusta é um curso de batedores em vez de putters. Por isso, minha atenção está voltada para jogadores com um número positivo em Tacadas ganhas: Aproximação e tacadas ganhas: Fora do Tee. Além disso, os sete vencedores anteriores antes de Matsuyama estavam todos classificados entre os 11 melhores da estatística de pontuação média do PGA Tour durante o ano da vitória.

A importância de ganhar um paletó verde também não pode ser ignorada. Este é o maior evento do golfe e os jogadores precisam jogar bem sob pressão. Definitivamente, este não é o lugar para tentar interromper uma temporada sem vitórias, e 10 dos últimos 13 campeões também tinham vencido outro evento no decorrer dos 12 meses que antecederam sua vitória no Masters.

Masters 2022: candidatos

Quem se encaixa nesse perfil? O único que atende a todos os meus critérios é o vencedor do ano passado, Hideki Matsuyama. Os outros jogadores de destaque – Viktor Hovland, Cameron Smith, Scottie Scheffler, Daniel Berger e Joaquin Niemann – são jovens demais e não jogaram mais de nove Masters até 2022.

scheff.png

Temos visto uma grande mudança favorecendo a juventude no jogo masculino, com os cinco melhores jogadores atuais do mundo todos com menos de 30 anos. Veremos isso refletido no Masters? É algo que vale a pena considerar, mas, se você está em busca de um vencedor, Matsuyama é o nome que precisa ter mente.

Uma ressalva, porém, é que ele sofreu uma lesão nas costas e não joga desde a primeira semana de março, apesar de estar de volta aos treinos. Três golfistas conquistaram o paletó verde em anos seguidos (Jack Nicklaus, Nick Faldo e Tiger Woods). Matsuyama (37,730*) será o quarto?

Justin Thomas

Thomas (16,680*foi meu favorito no último ano, mas caiu diante da pressão mental de uma explosão bastante embaraçosa em um evento anterior em 2021. Ele levou a sério as críticas (muito merecidas) e isso impactou seu desempenho. Ele voltou aos trilhos este ano, aprendeu com seus erros e jogou um bom golfe (embora siga sem títulos). Ele acumulou cinco resultados entre os 10 primeiros no PGA Tour, é atualmente o segundo na pontuação média (69,6) e tem uma arma secreta no caddie Jim "Bones" Mackay – Mackay foi o caddie de Phil Mickelson nos três anos que faturou o paletó verde.

Os dados de pontuação não mentem, mas, tendo comentado muito sobre ele este ano, estou muito empolgado com sua nova parceria com Mackay. Ele parece mais calmo, mais maduro e menos propenso a cometer erros do que nunca.  Ele tem a sorte de participar dos círculos de amigos de Tiger Woods e parece ser mais parecido com Woods no curso do que costumava ser. A única desvantagem na sua corrida pelo título é a falta de posicionamentos entre os 10 melhores nos principais campeonatos, com três top-10 em 14 oportunidades desde sua única grande vitória, em 2017. O ponto positivo nessa estatística é que uma dessas boas performances foi no Masters de 2020, onde terminou em quarto lugar. Ele também nunca perdeu o corte aqui, o que é bom.

Cameron Smith

O australiano se tornou o primeiro golfista a bater quatro rodadas em 60s no Augusta National em 2020, onde terminou em segundo. Tenho observado Smith (16,660*) no meu radar de apostas nos Masters nos últimos anos e, graças à sua vitória no Players Championship, ele agora pode se considerar mais que apenas um azarão e integrar a seleta classe dos favoritos. O jogador de 28 anos é impecável nos greens, ocupando o segundo lugar em Tacadas ganhas: putting, mas também se destaca no jogo de aproximação. Ele não é o melhor fora do tee, mas ganhou na área do Sawgrass, também conhecido como um curso propício para batedores. Smith é o líder na Média de tacadas (69,27) e Birdie Count (5,58) no PGA Tour antes deste evento.

Dustin Johnson

A única razão pela qual ele não tem melhores probabilidades é o fato de que não vence desde o Masters em 2020, mas tenho a impressão de que ele pode vencer no Augusta National sempre que quiser. Com uma vitória e quatro outros top 10 nas suas últimas seis participações, o jogador de 37 anos tem a terceira melhor média de pontuação em Augusta entre os participantes do Masters de 2022 (71,03). Johnson (17,120*) não jogou muito este ano, mas terminou em nono no The Players Championship e em quarto na sua última partida no World Match Play.

Masters 2022: azarões

Joaquin Niemann

Dentre todos os jogadores que se encaixam na maioria dos critérios descritos acima, as probabilidades de Niemann (46,280*) são as mais longas. Mas, mesmo cotado a 40/1, vale a pena dar uma olhada nele. A razão pela qual acredito que ele está em baixa nas apostas é que esta é apenas sua terceira aparição no Masters e ele não é conhecido como um batedor de longa data. No entanto, a previsão do tempo é boa para o torneio, o que significa que os fairways serão rápidos, perfeitos para o tradicional voo baixo da direita para a esquerda das bolas de Niemann. Ele também ganhou vem conquistando jardas este ano, e conta com uma média de mais de 300, graças às sessões de treinamento pliométrico.

Ele venceu o PGA Tour na Riviera CC este ano, um local que viu vários dos vencedores também conquistarem o Masters (Phil Mickelson, Bubba Watson e Adam Scott).

Max Homa

Outro jogador a vencer na Riviera, Homa (56,990*) levou o título do Genesis Open em 2021 e ficou em 10º este ano. Ele está entre os 30 primeiros em Tacadas ganhas: do tee para o green e subiu do 843º lugar no ranking mundial em 2018 para o 37º. O californiano levou a melhor três vezes no PGA Tour desde 2018 e, mais importante, venceu no início desta temporada.

O recorde do jogador de 31 anos no Masters é breve – duas aparições e dois cortes perdidos –, mas seu jogo é incrivelmente adequado para o Augusta National. Ele também aumentou o comprimento a partir do tee, o que significa que ele entrará nos buracos par 5 com um taco a menos.

Corey Conners

Eu apoiei o canadense no ano passado e ele terminou entre os 10 primeiros pela segunda vez consecutiva, apesar de uma rodada final duas tacadas acima do par. O jogador de 30 anos está em 32º lugar no ranking mundial, graças a um terceiro lugar no World Matchplay. Por que o jogo dele é ideal para Augusta? Seu desempenho natural ao jogar do tee é razoável, e ele ocupa o terceiro lugar no Tour em Greens in Regulation. Conners (44,380*) é reconhecido como um batedor, mas o mais importante é que ele não perde tacadas no putt. Se acertar no putting, ele poderá transformar seu top 10 em uma vitória desta vez.

Estas são minhas escolhas para o primeiro grande evento de golfe do ano e espero que ajudem você a se informar e fazer suas próprias previsões. Aproveite o Masters e vamos torcer para que Tiger Woods apareça!

Você aposta em um dos favoritos para vencer ou tentará encontrar valor entre os azarões? Obtenha as probabilidades mais recentes para o golfe no Masters de Golfe 2022 com a Pinnacle.

Probabilidades sujeitas a alteração

Recursos de apostas - Capacitar as suas apostas

Os Recursos de apostas da Pinnacle são um dos conjuntos mais abrangentes de conselhos de especialistas sobre apostas que se podem encontrar online. Dar resposta a todos os níveis de experiência - o nosso objetivo é simplesmente capacitar os apostadores a obterem mais conhecimentos.