set 1, 2021
set 1, 2021

Prévia da temporada 2021/22 da NFL – quem serão os campeões do Super Bowl?

Quem serão os campeões do Super Bowl?

Probabilidades e previsões para a NFL

Como funcionará esta temporada da NFL?

Como usar expectativas pitagóricas para fazer previsões para a temporada

Prévia da temporada 2021/22 da NFL – quem serão os campeões do Super Bowl?

A NFL faz seu retorno triunfal em 9 de setembro, com os campeões atuais, os Tampa Bay Buccaneers, recebendo os Dallas Cowboys para o jogo de abertura da temporada. Mark Taylor oferece uma análise dos favoritos para vencer o próximo Super Bowl e o que pode acontecer durante a campanha da nova temporada.

Super Bowl LVI: quem são os favoritos?

Equipe

Probabilidades

Kansas City Chiefs

5,900*

Tampa Bay Buccaneers

7,290*

Buffalo Bills

11,080*

Green Bay Packers

13,350*

Baltimore Ravens

13,450*

San Francisco 49ers

14,230*

Los Angeles Rams

15,340*

Cleveland Browns

17,720*

Como funcionará esta temporada da NFL?

Esta temporada da NFL manterá a expansão para 14 times da pós-temporada (sete de cada conferência), dos quais apenas os melhores colocados ganharão uma semana de despedida da pós-temporada.

Um 17º jogo adicional também foi acrescentado à temporada regular, estendendo a temporada regular para 18 semanas, durante as quais cada equipe terá uma semana de despedida. Para lidar com o desequilíbrio que isso causará para a programação de partidas em casa e fora de casa, as equipes da NFC visitarão um adversário da AFC para o jogo adicional.

Com uma nova regra projetada para encorajar os jogadores a se vacinarem contra a covid-19, serão atribuídas derrotas para equipes que não puderem participar de partidas como resultado de surtos de covid-19 entre membros não vacinados do time.

Como usar expectativas pitagóricas para fazer previsões para a NFL

Como de costume, o método mais eficiente para fazer previsões antes da próxima temporada da NFL é estudar o número esperado de vitórias de um time de acordo com o número de pontos que eles marcaram e sofreram, em oposição ao seu registro real de vitórias/derrotas.

Isso ocorre porque a capacidade de marcar mais pontos do que os pontos sofridos em uma temporada nem sempre se manifesta em jogos individuais, e uma distribuição desigual de como os pontos aparecem em partidas individuais pode aumentar ou diminuir o histórico real de vitórias/derrotas.

A sorte desempenha um grande papel na temporada regular, agora com 17 jogos, e estar do lado certo ou errado dessa força insustentável, mas poderosa, de decisão de jogo pode distorcer a avaliação da qualidade subjacente de uma equipe.

Em 2015, os New York Giants registraram seis vitórias e 10 derrotas durante a temporada regular (uma taxa de vitórias de 38%). No entanto, a equipe marcou 420 e concedeu 442 pontos no processo, resultando em uma porcentagem pitagórica de vitória de 47% e indicando que a equipe se saiu melhor que seus resultados sugeridos. Consequentemente, eles chegaram aos playoffs em 2016.

As cinco equipes que tiveram um desempenho inferior em relação à porcentagem pitagórica de vitórias em maior grau em 2020 foram Atlanta Falcons, Carolina Panthers, Houston Texans, Jacksonville Jaguars e San Francisco 49ers. Por outro lado, Cleveland Browns (que venceram 11 vezes na temporada regular apesar de terem concedido mais pontos do que marcaram), Buffalo Bills, Green Bay Packers, Kansas City Chiefs, Seattle Seahawks e Tennessee Titans mantiveram resultados de vitórias/derrotas muito mais convidativos que suas expectativas pitagóricas.

Uma análise do turnover e eficiência de passe

Interceptações tendem a ser um recurso um pouco mais repetitivo nos jogos do que recuperações de fumble ou giveaways (perdas de posse de bola por erro). Os dados sugerem que um grande diferencial de turnover (tomada ou perda da posse de bola) positivo ou negativo impulsionará o registro de vitórias/derrotas de uma equipe, mas que também geralmente regredirá à média ao longo de mais de uma temporada em ambos os casos.

Espera-se que equipes capazes de ganhar muitas jardas por meio de passes também tenham um bom desempenho.

Em 2015, a temporada regular decepcionante (5-11) dos Baltimore Ravens foi, ao menos parcialmente, o resultado de um grande diferencial de turnover negativo, durante o qual a equipe concedeu 14 turnovers a mais do que criaram. No ano seguinte, eles terminaram a temporada regular em 8-8, com um pequeno diferencial de turnover positivo.

O Denver Broncos, o Las Vegas Raiders, o Philadelphia Eagles e o San Francisco 49ers sofreram, cada um, diferenciais de turnover negativos de dois dígitos em 2020 e, portanto, devem apresentar alguma melhora nesta campanha.

No outro extremo da escala, Indianapolis Colts, Miami Dolphins, New Orleans Saints, Pittsburgh Steelers e Tennessee Titans tiveram os diferenciais de turnover mais úteis no ano passado e, portanto, podem estar diante de uma regressão à média da liga.

Outra métrica que oferece uma indicação sólida da capacidade subjacente de uma equipe é a média de jardas ganhas por passe ou tentativa de corrida. Neste caso, é importante levar em consideração a qualidade das defesas de passe entre os adversários que enfrentaram.

Em média, um time tentará cerca de 560 passes e 430 corridas na temporada regular. No ano passado, Buffalo Bills, Green Bay Packers, Kansas City Chiefs, Los Angeles Rams e Tampa Bay Buccaneers registraram a melhor diferença ajustada pelo adversário entre quão bem realizaram seus passes e se defenderam contra passes adversários. Em uma liga fortemente focada na habilidade e precisão dos passes, eles foram as equipes mais difíceis de combater.

Por outro lado, Cincinnati Bengals, Jacksonville Jaguars, Philadelphia Eagles e ambos os times de Nova York sofreram o maior diferencial negativo entre a habilidade de passe e defesa contra passes de adversários.

A importância do cronograma

Embora 32 equipes façam parte da NFL, cada time, na verdade, enfrentará apenas 14 oponentes durante a temporada regular. Suas 17 partidas incluem duas contra seus três rivais de divisão (uma em casa e uma fora).

Os Cincinnati Bengals estão entre as equipes com os cronogramas mais difíceis deste ano.

Portanto, alguns times estarão sujeitos a cronogramas mais complicados que outros. Muitos meios de comunicação convencionais somam porcentagens de vitórias do ano anterior para os oponentes de uma equipe para determinar a complexidade do cronograma. Nesse quesito, mais uma vez, a expectativa pitagórica de vitória funcione como um indicador melhor de desempenho futuro do que vitórias reais.

Assim, a força do cronograma é mais bem avaliada se levarmos em consideração fatores como as expectativas pitagóricas de vitória anteriores dos oponentes futuros de uma equipe, em vez de suas vitórias anteriores reais.

Por exemplo, os Jacksonville Jaguars, que venceram apenas um jogo em 2020, provavelmente serão uma equipe melhor em 2021. De fato, suas probabilidades para apostas acima/abaixo no número de vitórias na temporada regular neste ano é de 6,5. Essa avaliação sugere que qualquer equipe que enfrente os Jaguars em 2021 provavelmente encontrará um desafio maior do que imaginam aqueles que assumem que os Jags são capazes de acumular apenas uma vitória solitária na temporada regular.

Incorporando esses fatores à programação de 2021 (incluindo o jogo adicional), os cronogramas mais fáceis parecem ter ficado com Cleveland Browns, Denver Broncos, Jacksonville Jaguars, Miami Dolphins, San Francisco 49ers e Tampa Bay Buccaneers, que enfrentarão equipes com uma média projetada de cerca de 8,3 vitórias durante a temporada regular de 17 jogos.

Os cronogramas mais difíceis serão enfrentados pelos Cincinnati Bengals, Detroit Lions, Houston Texans, Las Vegas Raiders e Pittsburgh Steelers, cujos oponentes devem ter uma média de nove vitórias.

Qual equipe entra em campo com a melhor seleção de jogadores da NFL?

Naturalmente, as mudanças de escalação terão um papel importante sob o desempenho da equipe. As equipes com pior desempenho obtêm as melhores escolhas no Draft da NFL, o que, em conjunto com os limites salariais, costuma resultar em ciclos de bom e mau desempenho por parte das equipes.

No entanto, ocasionalmente, a contratação de apenas um jogador pode transformar toda uma equipe em candidatos dignos do Super Bowl, como testemunhado recentemente com a mudança de Tom Brady para o Tampa Bay Buccaneers, que liderou o time em uma campanha que culminou com o título.

Os Los Angeles Rams esperam repetir o feito nesta temporada com a adição de Matt Stafford, enquanto Dak Prescott voltou a liderar os Dallas Cowboys depois de sofrer uma lesão no início da campanha de 2020.

Muitas equipes podem atender a diversos requisitos capazes de indicar um total de vitórias melhorado ou reduzido em 2021, e esses indicadores bem estabelecidos não passam despercebidos pelas casas de apostas. Apesar de terem registrado apenas quatro vitórias na temporada regular em 2020, as apostas acima/abaixo no total de vitórias dos Atlanta Falcons estão cotadas a 7,5 este ano, principalmente porque a expectativa pitagórica de vitória da equipe é de pouco menos que 50%.

Por outro lado, a série de vitórias estreitas do Kansas City na última temporada culminou em uma probabilidade para apostas acima/abaixo no número de vitórias de apenas 12,5, apesar de terem registrado 14 vitórias na temporada regular no ano passado e contarem com um jogo extra para somar a esse total desta vez.

Quem serão os campeões do Super Bowl?

Podemos simular toda a temporada usando classificações para equipes derivadas dessas fontes diversas. De acordo com essa abordagem, estas são minhas escolhas para cada divisão e campeonato para a próxima temporada da NFL:

  • AFC Leste: Buffalo Bills e New England Patriots
  • AFC Oeste: Kansas City Chiefs e Las Vegas Raiders
  • AFC Norte: Baltimore Ravens e Pittsburgh Steelers
  • AFC Sul: Tennessee Titans e Jacksonville Jaguars
  • NFC Leste: Dallas Cowboys e Washington
  • NFC Oeste: Los Angeles Rams e San Francisco 49ers
  • NFC Norte: Green Bay Packers e Minnesota Vikings
  • NFC Sul: Tampa Bay Buccaneers e Atlanta Falcons
  • Campeões da NFC: Los Angeles Rams
  • Campeões da AFC: Buffalo Bills
  • Campeões do Super Bowl: Los Angeles Rams

Probabilidades sujeitas a alteração

Recursos de apostas - Capacitar as suas apostas

Os Recursos de apostas da Pinnacle são um dos conjuntos mais abrangentes de conselhos de especialistas sobre apostas que se podem encontrar online. Dar resposta a todos os níveis de experiência - o nosso objetivo é simplesmente capacitar os apostadores a obterem mais conhecimentos.