out 13, 2021
out 13, 2021

Prévia da temporada 2021/22 da NBA – Quem levará o título da NBA?

Quem levará o título da NBA?

Probabilidades e previsões para a NBA

Temporada 2021/22 da NBA: formato, programação e equipes

Os Milwaukee Bucks conseguirão manter a coroa?

Prévia da temporada 2021/22 da NBA – Quem levará o título da NBA?

A temporada 2021/22 da NBA começa em 19 de outubro. Antes do início da nova campanha, fique por dentro de todas as informações de que você precisa sobre o funcionamento da nova temporada, os favoritos para chegar à final e todas as equipes para ficar de olho na temporada 2021/22 da NBA.

Temporada 2021/22 da NBA: formato, programação e equipes

Depois que as temporadas de 2019/20 e 2020/21 foram encurtadas como consequência da pandemia de covid-19, a NBA volta a ter uma temporada regular completa de 82 jogos na campanha 2021/22. No total, serão 30 equipes na disputa pelo título, divididas entre as Conferências Leste (composta pelas divisões do Atlântico, Central e Sudeste) e Oeste (composta pelas divisões Noroeste, do Pacífico e Sudoeste).

A temporada regular terá início em 19 de outubro com um jogo de abertura eletrizante entre os Brooklyn Nets e os Milwaukee Bucks. A temporada regular vai até 10 de abril, com o Play-in acontecendo entre 12 e 15 de abril. Os playoffs serão disputados entre 16 de abril e 30 de maio, antes do início das Finais da NBA em 2 de junho. As Finais terminarão, o mais tardar, em 19 de junho, caso seja necessário um sétimo jogo.

Equipes participantes da temporada 2021/22 da NBA

Categoria

Equipes

Divisão do Atlântico

Boston Celtics, Brooklyn Nets, New York Knicks, Philadelphia 76ers, Toronto Raptors

Divisão Central

Chicago Bulls, Cleveland Cavaliers, Detroit Pistons, Indiana Pacers, Milwaukee Bucks

Divisão Sudeste

Atlanta Hawks, Charlotte Hornets, Miami Heat, Orlando Magic, Washington Wizards

Divisão Noroeste

Denver Nuggets, Minnesota Timberwolves, Oklahoma City Thunder, Portland Trail Blazers, Utah Jazz

Divisão do Pacífico

Golden State Warriors, LA Clippers, Los Angeles Lakers, Phoenix Suns, Sacramento Kings

Divisão Sudoeste

Dallas Mavericks, Houston Rockets, Memphis Grizzlies, New Orleans Pelicans, San Antonio Spurs

Probabilidades para a temporada 2021/22 da NBA: quem são os favoritos para vencer o campeonato da NBA?

Equipe

Probabilidades

Desempenho na temporada 2020/21

Brooklyn Nets

3,260*

Semifinais da Conferência

Los Angeles Lakers

4,610*

Primeira rodada

Milwaukee Bucks

8,770*

Vencedor

Golden State Warriors

14,070*

Play-in

Phoenix Suns

16,620*

Vice-campeão

Utah Jazz

16,620*

Semifinais da Conferência

Denver Nuggets

23,310*

Semifinais da Conferência

Los Angeles Clippers

23,310*

Finais da Conferência

Atualmente, os Brooklyn Nets (3,260*) lideram o mercado de apostas futuras para vencer as finais da NBA no próximo ano. A equipe de Steve Nash obteve o segundo melhor desempenho na Conferência Leste na temporada passada, antes de ser eliminada por pouco pelos eventuais campeões, os Milwaukee Bucks, nas semifinais da Conferência, cortesia de uma derrota na prorrogação no jogo 7. Eles também começaram a pré-temporada de maneira impressionante, obtendo vitórias tanto contra os Bucks quanto os Los Angeles Lakers.

Atuais detentores do título, os Milwaukee Bucks serão liderados pelo candidato a MVP Giannis Antetokounmpo.

O status dos Nets como favoritos depende fortemente da atuação do trio formidável formado por Kevin Durant, James Harden e Kyrie Irving, e as chances da equipe conquistar o campeonato devem depender de até que ponto será possível manter os três jogadores em condições de jogo. Os três compartilharam apenas 202 minutos juntos na quadra durante a temporada regular de 2020/21, embora isso não tenha impedido os Nets de registrar uma pontuação ofensiva de 117,3 pontos a cada100 posses de bola.

Nash também pode contar com nomes como Blake Griffin, merecidamente elogiado por seus esforços defensivos contra Giannis Antetokounmpo durante os playoffs, e LaMarcus Aldridge, que deve servir como um trunfo experiente. No papel, os Nets têm, sem dúvida, o time mais forte e difícil de superar da NBA – desde que nada os impeça de colocar todos os seus talentos em campo.

A saída dos Los Angeles Lakers (4,610*) na primeira fase da temporada passada foi considerada uma tentativa decepcionante de defesa do título. Eles responderam contratando Russell Westbrook do Washington Wizards, que se juntou à equipe depois de uma campanha na qual obteve uma média de 22,2 pontos, 11,7 assistências e 11,5 rebotes por jogo. Embora tenham sido levantadas questões sobre a eficiência com que ele se combinará com Anthony Davis e LeBron James, sua capacidade atlética deve melhorar a fisicalidade do Lakers na quadra.

Davis e James têm problemas para solucionar. Lesões condenaram Davis a jogar apenas 36 partidas na temporada passada, nas quais ele apresentou as estatísticas mais fracas desde o início de sua carreira, e os Lakers contarão com ele para produzir uma campanha muito mais produtiva desta vez. Enquanto isso, James fará 37 anos em dezembro e, embora continue sendo um dos melhores jogadores da NBA, a questão que permanece é se ele conseguirá manter seus padrões supremos até o final de sua carreira.

Os Milwaukee Bucks (8,770*) são os campeões em título e parecem prontos para mais uma campanha encorajadora. Eles foram consistentemente impressionantes durante os Playoffs da última temporada, vencendo todas as séries, exceto uma em seis jogos ou menos, e parecem estar bem equipados para se tornarem o primeiro time da NBA a defender o título com sucesso desde que os Golden State Warriors alcançaram o feito em 2018.

Inevitavelmente, Giannis Antetokounmpo será a peça-chave para que isso aconteça. Aos 26 anos, o jogador marcou 30,2 pontos por jogo durante os playoffs da última temporada e está entre os grandes favoritos para ganhar o prêmio de Jogador Mais Valioso (MVP) desta temporada, cotado a 6,750*. Com aquisições que incluem George Hill e Grayson Allen, os Bucks parecem estar criando um elenco de apoio que não tem medo de arremessar à vontade, uma estratégia que vem se provando eficiente, com a equipe registrando a melhor porcentagem de cestas de três pontos durante a pré-temporada (44,0%).

Depois de participar das finais da NBA cinco anos consecutivos entre 2015 e 2019, os Golden State Warriors (14,070*) esperam chegar aos playoffs pela primeira vez em três temporadas. Suas duas últimas campanhas foram desanimadoras e repletas de lesões, embora isso não tenha impedido que o astro Stephen Curry fosse finalista para o prêmio de MVP na temporada passada, com uma média de 32,0 pontos por jogo, a maior da liga.

Nesta temporada, o time está perfeitamente balanceado entre nomes experientes, porém em idade um pouco mais avançada, e talentos jovens, mas ainda "verdes". Os Warriors depositaram muita fé nas aquisições de James Wiseman, Jonathan Kuminga e Moses Moody no draft, e o desafio mais difícil para o técnico Steve Kerr provavelmente será integrá-los ao time enquanto mantém os resultados. As vitórias em cada um dos primeiros quatro jogos da pré-temporada do Warriors indicam um início promissor nesse sentido.

Temporada 2021/22 da NBA: equipes que merecem a sua atenção

Os Phoenix Suns (16,620*) superaram em muito as expectativas de chegar às finais da NBA na última temporada e provavelmente serão recebidos com mais respeito por seus oponentes nesta campanha. O técnico Monty Williams tem um time relativamente jovem à sua disposição e será intrigante observar se nomes como Devin Booker, Deandre Ayton e Mikal Bridges podem elevar seu desempenho a outro nível e afirmar o Suns como candidatos consistentes ao título.

O Utah Jazz (16,620*) foi o melhor time durante a temporada regular de 2020/21, vencendo 52 de 72 jogos antes que lesões colocassem um ponto final à sua campanha pós-temporada nas mãos dos LA Clippers. O time parece contar com mais proficiência e força em profundidade desta vez, embora o técnico Quin Snyder ainda precise elaborar uma estratégia para evitar que os oponentes restrinjam a influência de Rudy Gobert, eleito três vezes Defensive Player of the Year, em grandes jogos.

Os Philadelphia 76ers (24,290*) liderou a Conferência Leste na última temporada e se destacou na derrota nas semifinais para o Atlanta Hawks por 4-3. Embora a pré-temporada da equipe tenha sido prejudicada pela declaração pública de Ben Simmons de que espera ser transferido, parece cada vez mais provável que ele ainda defenda a camisa dos 76ers nesta temporada. Com Joel Embiid, vice-campeão ao prêmio de MVP 2020/21, e a versatilidade do defensor Matisse Thybulle na equipe, uma campanha extensa na pós-temporada não está de forma alguma fora de alcance.

Obtenha as melhores probabilidades para a NBA nos diversos mercados de apostas para todos os jogos desta temporada com a Pinnacle.

Probabilidades sujeitas a alteração

Recursos de apostas - Capacitar as suas apostas

Os Recursos de apostas da Pinnacle são um dos conjuntos mais abrangentes de conselhos de especialistas sobre apostas que se podem encontrar online. Dar resposta a todos os níveis de experiência - o nosso objetivo é simplesmente capacitar os apostadores a obterem mais conhecimentos.