mar 8, 2021
mar 8, 2021

Prévia de apostas para o March Madness 2021

O que é o March Madness?

Como será o March Madness 2021?

Quem são os favoritos no March Madness?

March Madness 2021: equipes para ficar de olho

Prévia de apostas para o March Madness 2021

Depois de ter sido cancelado pela primeira vez no ano passado devido à pandemia de covid-19, o March Madness deve, finalmente, retornar para a temporada 2021. Leia este artigo para se informar sobre como funcionará a edição deste ano de um dos destaques de nível mais alto do calendário do basquete, além de todas as equipes em que vale a pena ficar de olho.

O que é o March Madness?

March Madness, ou Campeonato de Basquete Masculino da NCAA – Divisão I, é uma competição anual na qual é coroado o melhor time de basquete universitário dos Estados Unidos. O torneio, que acontece desde 1939, é muito popular entre os entusiastas do basquete e conhecido por produzir partidas cheias de drama, momentos memoráveis e muitas surpresas ao longo de 67 jogos em três semanas.

A chave principal do March Madness acontece em um torneio de eliminação única de 64 equipes, culminando no jogo do campeonato da NCAA.

O torneio é disputado por 68 equipes: os 32 campeões "automáticos" de cada conferência da Divisão I e as 36 equipes "gerais", que se candidatam para participar e são escolhidas por um comitê de seleção da NCAA composto por 10 pessoas.

Os 36 participantes são anunciados no domingo antes do início do torneio em um evento conhecido como Selection Sunday, no qual todas as 68 equipes também são divididas em quatro grupos geográficos (Leste, Centro-Oeste, Sul e Oeste) e classificadas.

Os quatro times com menor classificação automática e geral então jogam uns contra os outros em confrontos conhecidos como First Four (os Quatro Primeiros) pela oportunidade de se qualificar para a chave do torneio principal.

A chave principal é composta de jogos de eliminação simples em que 64 times jogam contra outros da mesma região durante a primeira e a segunda rodada, oitavas de final e quartas de final.

A última equipe restante de cada uma das quatro regiões participará da disputa das semifinais, conhecidas como Final Four (as Quatro Finais), com os dois vencedores disputando o jogo do campeonato da NCAA.

Como será o March Madness 2021?

O torneio deste ano será significativamente diferente do formato usual. Em primeiro lugar, como a Ivy League cancelou todos os esportes do semestre de inverno devido à epidemia de covid-19, as 68 equipes selecionadas serão compostas por 31 participantes classificados automaticamente e 37 candidatos no geral.

Além disso, em vez de ser realizado em locais nos Estados Unidos, como de costume, o torneio será inteiramente disputado dentro de um único estado pela primeira vez: Indiana. O Lucas Oil Stadium, em Indianápolis, foi selecionado para sediar cada um dos jogos das oitavas e quartas de final, semifinais e final.

Calendário do March Madness 2021

14 de março: Selection Sunday
18 de março: First Four
19 e 20 de março: primeira rodada
21 e 22 de março: segunda rodada
27 e 28 de março: oitavas de final
29 e 30 de março: quartas de final
3 de abril: semifinais
5 de abril: jogo do campeonato da NCAA

Quem são os favoritos do March Madness 2021?

Os grandes favoritos do March Madness 2021

Equipe

Probabilidades

Desempenho em 2019

Gonzaga Bulldogs

3,790*

Quartas de final

Baylor Bears

4,650*

Segunda rodada

Michigan Wolverines

10,010*

Oitavas de final

Villanova Wildcats

14,010*

Segunda rodada

Illinois Fighting Illini

19,990*

Não qualificado

Virginia Cavaliers

20,990*

Vencedor

Iowa Hawkeyes

21,520*

Segunda rodada

Texas Tech Red Raiders

24,030*

Vice-campeão

Alabama Crimson Tide

24,600*

Não qualificado

Houston Cougars

24,600*

Oitavas de final

Os Gonzaga Bulldogs (3,790*) eram uma das equipes favoritas antes do torneio ser cancelado no último ano e o mercado novamente apoiam suas chances faturar seu primeiro título do March Madness. Eles têm liderado o ranking da NCAA implacavelmente, cortesia de uma campanha invicta fora da conferência antes de liderar a classificação da Conferência da Costa Oeste.

Depois de 22 anos como treinador principal, Mark Few tem um time intimidadoramente versátil à sua disposição. Quatro de seus cinco jogadores titulares mantiveram uma média de pelo menos 11 pontos por jogo, com Corey Kispert (20,2 ppj) e Drew Timme (18,7 ppj) se destacando como artilheiros da equipe.

Os atuais campeões são os Virginia Cavaliers, mas já faz muito tempo desde que o mercado os considerou desafiantes incontestáveis ao título da nova temporada.

Os Bulldogs são uma equipe conceituada na competição, classificando-se entre os cinco primeiros em cinco das últimas sete edições do torneio e progredindo para as quartas de final ou etapas posteriores em três das últimas cinco edições. Apesar disso, ainda não conseguiram conquistar a glória do March Madness e são citados de forma constante como uma equipe frequentemente afligida pela falta de experiência em etapas decisivas.

Muitos acreditam que os Baylor Bears (4,650*) são o grupo com as melhores chances de frustrar os sonhos dos Gonzaga de conquistar seu primeiro título. Os atuais líderes da Big 12 foram bem-sucedidos e aproveitaram uma temporada 2019/20 produtiva. Com 17 vitórias e nenhuma derrota, eles se destacaram como o único outro time na divisão a ostentar um histórico de invencibilidade em 2020/21 até meados de fevereiro.

Merecidamente, eles são reverenciados pelas proezas defensivas impressionantes comandadas por Davion Mitchell e Mark Vital, tendo raramente sofrido mais de 75 pontos nesta campanha. A equipe de Scott Drew também conta com uma técnica refinada em arremessos de três pontos, mantendo uma taxa de sucesso de 44%, a mais alta da NCAA.

No entanto, os Bears sofreram com uma série de jogos cancelados em fevereiro devido a problemas com a covid-19 e, como consequência, pode ser que entrem no torneio sem os mesmos níveis de acerto aos quais estão habituados.

Os Michigan Wolverines (10,010*) seguem classificados como a próxima melhor equipe, segundo a tabela Kenpom, apesar de também terem enfrentado dificuldades por causa da covid-19. Durante sua passagem como técnico, Juwan Howard melhorou a equipe de forma lenta, mas segura, levando-a ao topo da classificação da Big Ten Conference nesta temporada.

A altura é uma arma proeminente em seu arsenal, com cinco titulares, incluindo o calouro Hunter Dickinson, de 2,13 m, Franz Wagner, com 2,06 m, e Isaiah Livers, com 2,01 m. Dickinson tem se destacado sistematicamente como o maior artilheiro da equipe, embora sua forma tenha sido um pouco prejudicada depois da virada do ano e ele precise recuperá-la antes de enfrentar adversários mais difíceis.

Os Virginia Cavaliers (20,990*) são os atuais detentores do título, tendo derrotado o Texas Tech Red Raiders na final de 2019 depois de sofrer a infâmia de ser o primeiro 1º colocado a perder para o 16º classificado no March Madness do ano anterior.

Enquanto eles lideram confortavelmente a classificação da ACC, muitos sugerem que seus oponentes nesta temporada tenham sido equipes inferiores e com defesas prejudicadas. Ainda mais preocupante foi terem sido superados de maneira convincente pelo Gonzaga (98-75) em dezembro, além de uma derrota embaraçosa para a Virginia Tech no mês seguinte.

Por outro lado, Tony Bennett ainda é considerado um treinador mais capaz de guiar sua equipe na direção de um desempenho superior do que os outros desafiantes, e os Cavaliers estão listados entre os candidatos mais equilibrados ao título.

Embora não ostentem resultados tão impressionantes quanto o de outras equipes, os Illinois Fighting Illini (19,990*) conseguiram se manter em pé em meio a um cronograma considerado muito difícil e foram classificados pela tabela Kenpom como a quinta melhor equipe.

Além disso, Ayo Dosunmu e Kofi Cockburn são considerados duas das melhores perspectivas da NCAA. A dupla acumulou 38,4 pontos e 16,8 rebotes por jogo entre si em 2020/21. Esses números foram responsáveis por elevar o ataque do Illini, muitas vezes considerado um ponto fraco em suas partidas, em uma das mais temidas do país.

Como prever o vencedor do March Madness

Prever uma chave perfeita do March Madness é amplamente considerado como uma das tarefas mais notoriamente difíceis nas apostas esportivas, algo que vários modelos tentam conseguir, e falham ano após ano. No entanto, algumas tendências serviram como indicadores confiáveis para identificar possíveis vencedores do March Madness.

O March Madness tende a produzir finais com placares baixos entre os primeiros classificados de cada regional.

Como o torneio apresenta jogos de eliminação simples, uma escalação bem equilibrada é um benefício inerente. Desde 2002, 11 dos vencedores das 18 edições do March Madness entraram no torneio entre os 20 melhores times da NCAA, tanto no ataque quanto na defesa, de acordo com a classificação Kenpom, enquanto 15 se mantinham entre os 30 primeiros. Todas as equipes mencionadas acima compartilham essa característica para a temporada 2020/21.

Os primeiros colocados em suas regiões também desfrutaram de um período repleto de troféus nos últimos anos. Dos últimos 10 campeões do torneio, sete também lideraram suas regiões, embora apenas dois tenham sido os primeiros colocados no geral. Uma previsão precisa da classificação pode trazer grandes benefícios para as apostas no March Madness e, potencialmente, ajudar o apostador a identificar o valor antes de todos os outros.

É importante ressaltar que as finais o March Madness costumam tender a um número reduzido de pontos. Entre 2008 e 2018, as equipes de basquete da NCAA mantiveram uma média de 67,8 pontos por jogo durante a temporada regular e o torneio March Madness. No entanto, 13 dos 20 últimos finalistas ficaram abaixo dessa média, enquanto sete das últimas 10 finais contaram com 136 pontos ou menos.

Aposte nos vencedores da competição e nos resultados de cada jogo do March Madness 2021 com a Pinnacle.

Probabilidades sujeitas a alteração

Recursos de apostas - Capacitar as suas apostas

Os Recursos de apostas da Pinnacle são um dos conjuntos mais abrangentes de conselhos de especialistas sobre apostas que se podem encontrar online. Dar resposta a todos os níveis de experiência - o nosso objetivo é simplesmente capacitar os apostadores a obterem mais conhecimentos.