jul 23, 2019
jul 23, 2019

Antevisão do Campeonato do Mundo de Basquetebol FIBA 2019

Previsões do Campeonato do Mundo de Basquetebol FIBA

Quem se sagrará vencedor do Campeonato do Mundo de Basquetebol FIBA?

Conseguirá alguma seleção derrotar os EUA?

Probabilidades do Campeonato do Mundo de Basquetebol FIBA

Antevisão do Campeonato do Mundo de Basquetebol FIBA 2019

Trinta e duas equipas irão competir no maior  Campeonato do Mundo de Basquetebol FIBA de sempre, que se irá realizar na China. A seleção norte-americana procura garantir o seu terceiro título consecutivo. Quem se sagrará vencedor do Campeonato do Mundo de Basquetebol FIBA? Conseguirá alguma seleção derrotar o poderio dos EUA? Continue a ler para obter informações para as suas previsões do Campeonato do Mundo de Basquetebol FIBA.

Probabilidades do vencedor do Campeonato do Mundo de Basquetebol FIBA

Probabilidades do vencedor do Campeonato do Mundo de Basquetebol FIBA

Equipa Probabilidades

EUA

 1,425  

Sérvia

4,490

Grécia

  12,310  

Espanha

 15,130 

França

   25,040   

Austrália

 27,120 

Lituânia

  43,760  

Argentina

  79,120  

Itália

 79,120 

O Campo

  30,110  

Formato do torneio do Campeonato do Mundo de Basquetebol FIBA

Durante 16 dias, a partir de 31 de agosto, oito cidades chinesas acolherão nada mais nada menos do que 96 jogos de basquetebol.

As 32 equipas serão repartidas por oito grupos, com as duas melhores formações de cada grupo a passar à segunda ronda, na qual as 16 equipas qualificadas serão divididas em quatro grupos de quatro.

Mais uma vez, as duas melhores equipas de cada grupo passam aos quartos de final e, depois, às semifinais, antes de terminarem a sua caminhada na grande final a 15 de setembro.

Com o incentivo acrescido da qualificação para os Jogos Olímpicos de Tóquio de 2020 para as equipas que passem da fase de grupos, estamos prestes a assistir a um torneio altamente competitivo.

Quem são os favoritos a vencer o Campeonato do Mundo de Basquetebol FIBA?

As probabilidades para o vencedor do Campeonato do Mundo de Basquetebol FIBA da Pinnacle sugerem que a seleção dos EUA tem 89% de hipóteses de vencer o Campeonato do Mundo de Basquetebol FIBA deste ano, o que faz com que seja a grande favorita a arrecadar o título, muito graças ao seu alinhamento de estrelas da NBA, bem como ao seu historial nesta competição.

A par da antiga Jugoslávia, os EUA são o país com mais Campeonatos do Mundo de Basquetebol FIBA conquistados – mais precisamente cinco – e irão procurar assegurar o seu terceiro título consecutivo quando o torneio arrancar a 31 de agosto. Curiosamente, nenhuma seleção conseguiu sagrar-se campeão do mundo três vezes consecutivas.

Liderada pelo lendário treinador Gregg Popovich, a equipa é composta exclusivamente por jogadores da NBA – a única equipa a conseguir este feito na edição deste ano.

A seleção dos EUA tem tamanha abundância de talento que mesmo sem nomes como Steph Curry, Kevin Durant, Paul George e Lebron James, consegue ter a melhor equipa (teoricamente) por uma margem considerável. 

"Liderada predominantemente pelos jogadores da NBA Pau Gasol (MVP do Campeonato do Mundo de Basquetebol FIBA 2006) e Jose Calderon, a Espanha provou que ter o maior número de jogadores da NBA no seu alinhamento não é suficiente para garantir a vitória."

Conseguirá alguma seleção derrotar os EUA?

É fácil ver por que motivo esta equipa ocupa o primeiro lugar no ranking da FIBA e é a grande favorita a ser a primeira seleção da história a conquistar o título de campeã do mundo pela sexta vez. No entanto, isto não significa que são favas contadas para os americanos, uma vez que o historial na competição nem sempre garante a vitória.

Em 2006, os EUA contavam nomes como LeBron James, Chris Paul, Carmelo Anthony, Dwight Howard e Chris Bosh e não conseguiram ir além do terceiro lugar, com a Espanha a chegar ao ouro.

Liderada predominantemente pelos jogadores da NBA Pau Gasol (MVP do Campeonato do Mundo de Basquetebol FIBA 2006) e Jose Calderona Espanha provou que ter o maior número de jogadores da NBA não é suficiente para garantir a vitória.

Da mesma forma, em 2002, os EUA não conseguiram ir além de um mísero sexto lugar a jogar em solo nacional, com um conjunto recheado de grandes estrelas da NBA como Paul Pierce e Reggie Miller. Nesse ano, a Jugoslávia bateu a Argentina no prolongamento e sagrou-se campeão do mundo.

Os EUA também terão pouco tempo para treinar, o que poderá prejudicar as suas esperanças, com o treinador Popovich a admitir:

Quatro dias não é suficiente para fazer grande coisa na vida. O que está disponível e o que é necessário são duas coisas diferentes e temos de analisar o processo para sermos uma equipa que joga como uma equipa quando chegarmos à China.”

Previsões do Campeonato do Mundo de Basquetebol FIBA: equipas menos favoritas a ter em conta

A Espanha (15,130*) entra no torneio como uma das equipas favoritas, apesar da ausência do seu talismã e antigo capitão da equipa vencedor do Campeonato do Mundo FIBA, Pau Gasol, indiscutivelmente um dos melhores basquetebolistas espanhóis de todos os tempos.

No entanto, o seu irmão Marc está disponível e certamente estará muito confiante depois de ter conquistado o anel de campeão da NBA. A Espanha também poderá contar com outros jogadores da NBA como Ricky Rubio (Phoenix Suns), Juan (Denver Nuggests) e Guillermo ‘Willy’ Hernangomez (Charlotte Hornets).

A estrela da EuroLeague e antigo vencedor do Campeonato do Mundo FIBA, Rudy Fernandez, e o seu companheiro do Real Madrid, Sergio Llull, também estarão presentes, pelo que os espanhóis têm legítimas esperanças em conquistar o Campeonato do Mundo FIBA pela segunda vez.

Igualmente recheada de muitos talentos da NBA e da EuroLeague, a Sérvia (4,99*) é mais uma equipa que poderá incomodar as seleções favoritas.

O candidato a MVP da NBA de 2019 pelos Denver Nuggets, Nikola Jokic, lidera a equipa juntamente com a dupla dos Sacramento Kings: Bogdan Bogdanovic e Nemanja Bjelica.

Na quarta posição do ranking da FIBA e depois de ter conquistado a medalha de prata em 2014, a Sérvia tentará ir um pouco mais longe e arrecadar o ouro na China.

Apesar da medalha de bronze em 2014 ter sido a sua melhor classificação de sempre nos Campeonatos do Mundo FIBA, a França (25,040*) tem potencial para lutar pelo ouro pela primeira vez.

Com nomes como Rudy Gobert (Utah Jazz), Nicolas Batum (Charlotte Hornets), Evan Fournier (Orlando Magic) e Frank Ntilikina (New York Knicks), é fácil ver por que motivo se trata da terceira equipa do ranking da FIBA no torneio.

Depois de terminar em primeiro lugar no grupo de qualificação, a Grécia (12,310*) liderada pelo melhor jogador no torneio, Giannis Antetokounmpo, irá tentar chegar novamente à final, repetindo a proeza de 2006 onde foi derrotada no jogo decisivo pela Espanha.  

A seleção australiana (27,120*), também conhecida como os "Boomers", contará com nove estrelas da NBA, incluindo o ala dos Utah Jazz, Joe Ingles e Patty Mills dos San Antonio Spurs, que carregam as esperanças da Austrália conquistar um lugar no pódio pela primeira vez.

Os Boomers quererão certamente melhorar o seu 16.º lugar no Campeonato do Mundo de 2014, mas irão enfrentar uma dura batalha para se qualificarem no "grupo da morte" do qual também fazem parte a Lituânia, o Canadá e o Senegal. 

Obtenha as melhores probabilidades para o Campeonato do Mundo de Basquetebol FIBA 2019 com a Pinnacle

Probabilidades sujeitas a alteração

Recursos de apostas - Capacitar as suas apostas

Os Recursos de apostas da Pinnacle são um dos conjuntos mais abrangentes de conselhos de especialistas sobre apostas que se podem encontrar online. Dar resposta a todos os níveis de experiência - o nosso objetivo é simplesmente capacitar os apostadores a obterem mais conhecimentos.